ATUAÇÃO DA COORDENAÇÃO GERAL DE PROTEÇÃO AMBIENTAL – CGPRO NA PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS FLORESTAIS EM UNIDADES DE CONSERVAÇÃO FEDERAIS.

  • Lívia Carvalho Moura UNESP
  • Adler Guilherme Viadana UNESP
Palavras-chave: Unidades de Conservação. Registro de Ocorrência de Incêndio. Coordenação Geral de Proteção Ambiental. Fogo. Sistema Nacional de Informações sobre o Fogo. Prevenção e combate.

Resumo

RESUMO Os incêndios florestais não são problemas que as Unidades de Conservação - UCs têm enfrentado recentemente, são ocorrentes desde o estabelecimento das primeiras áreas protegidas. Embora mudem as instituições governamentais responsáveis pela proteção destas paisagens as estratégias de prevenção e combate aos incêndios são praticamente as mesmas. Este trabalho tem o propósito de avaliar a atuação da Coordenação Geral de Proteção Ambiental nas questões referentes ao fogo nas UCs federais, além de avaliar a eficiência de suas ações. A análise de documentos governamentais publicados recentemente sobre questões referentes ao fogo em diferentes paisagens dentro das áreas protegidas e uma busca dos Registros de Ocorrência de Incêndios – ROIs no Sistema Nacional de Informações sobre o Fogo, no período de 2009 a 2011, permitiram que algumas considerações fossem feitas. Verificou-se uma grande dificuldade em relação à reunião de informações sobre os ROIs em um único banco de dados e uma carência de pesquisas a respeito dos efeitos do fogo nos diferentes biomas brasileiros. Um melhor relacionamento entre funcionários e moradores locais e a regularização fundiária das Unidades de proteção integral são elementos fundamentais para a prevenção de incêndios. Palavras-chave: Unidades de Conservação. Registro de Ocorrência de Incêndio. Coordenação Geral de Proteção Ambiental. Fogo. Sistema Nacional de Informações sobre o Fogo. Prevenção e combate. ABSTRACT Forest fires are not problems which Protected Areas – PA have been dealing with recently, they are occurring since the establishment of the first protected areas. Although the governmental institutions responsible for the protection of these landscapes change, the strategies of fire prevention and firefighting are practically the same. This work has the purpose of evaluating the performance of the General Coordination of Environmental Protection regarding fire in federal PA, as well as the efficiency of their actions. The analysis of government documents recently published about issues related to fire in different landscapes inside Protected Areas and a search for Fire Occurrences Data – FODs in the National Fire Database, in the period from 2009 to 2011, enabled some considerations to be done. It was verified a great difficulty in relation to the reunion of the information about the FODs in a single database and a lack of research regarding to the effects of fire in different Brazilian biomes. Better relationships between the staff and local residents as well as the land regularization of the Areas of Full Protection are essential elements for the fire prevention. Keywords: Protected Areas. Fire Occurrences Data. General Coordination of Environmental Protection. Fire. National Fire Database. Prevention and Firefighting. RESUMEN Los incendios forestales no son problemas que las Unidades de Conservación (UCs) han enfrentado recientemente se están produciendo desde el establecimiento de las primeras áreas protegidas. Aunque haya un cambio de las instituciones gubernamentales responsables por la protección de estos paisajes las estrategias de prevención y lucha contra los incendios son prácticamente las mismas. Este estudio tiene como objetivo evaluar el desempeño de la Coordinación General de Protección del medio Ambiente en asuntos relacionados con el fuego en las UCs federales, además de evaluar la eficiencia de sus acciones. El análisis de los documentos del gobierno recientemente publicados sobre temas relacionados con fuego en diferentes paisajes dentro de áreas protegidas y la búsqueda del Registro de ocurrencia de incendios - ROls en el Sistema Nacional de Informaciones sobre el fuego, en período de 2009 a 2011, permitieron que se hiciera algunas consideraciones. Se encontró una gran dificultad en relación a la reunión de informaciones sobre los ROLs en una sola base de datos y la falta de investigación sobre los efectos del fuego en los diferente biomas brasileños. Una mejor relación entre los empleados y los residentes locales y la regularización fundiaria de las Unidades de protección integral son elementos fundamentales para la prevención de incendios. Palabras clave: unidades de conservación. Registro de aparición de incendios. Coordinación General de Protección del Medio Ambiente. Fuego. Sistema Nacional de Información sobre el Fuego. Prevención y combate.

Biografia do Autor

Lívia Carvalho Moura, UNESP
Departamento de Geografia
Adler Guilherme Viadana, UNESP
Departamento de Geografia
Publicado
2012-10-24
Seção
ARTIGOS ORIGINAIS