AVALIAÇÃO DE TÉCNICAS DE FUSÃO DE IMAGENS PARA A IDENTIFICAÇÃO DE CICATRIZES DE DESLIZAMENTOS UTILIZANDO DADOS DE SATÉLITE

  • Emerson Vieira MARCELINO INPE
  • Leila Maria Garcia FONSECA INPE
  • Fernando VENTURA INPE
  • Antônio Nuno de Castro SANTA ROSA INPE
  • Antônio Roberto FORMAGGIO INPE

Resumo

Este artigo apresenta uma avaliação das técnicas de fusão IHS, PCA e WT para a identificação de cicatrizes de deslizamento a partir de imagens ópticas orbitais. A análise foi realizada utilizando as bandas do sensor HRV SPOT (XS1 e XS2) e do sensor TM LANDSAT (3, 4, 5). A banda PAN HRV foi simulada através da combinação linear espectral entre as bandas XS1 e XS2. O processo de avaliação baseou-se na interpretação visual, análise estatística e classificação automática (MAXVER). A técnica WT apresentou os melhores resultados em comparação aos métodos de fusão utilizados. Além disso, este método manteve alta correlação espectral em relação às imagens multiespectrais originais. Os melhores resultados estatísticos foram obtidos com o método WT, apresentando valores de correlação espectral acima 91% para as bandas 3 e 5. Palavras-Chave: sensoriamento remoto; técnicas de fusão de imagens; cicatrizes de deslizamento.
Publicado
2008-04-23
Seção
Artigos