Implicações epistemológicas e teóricas da incorporação dos conceitos de ser mais e inconclusão na educação ambiental.

  • Daniel Fonseca de Andrade Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO
  • Marcelo Senna Guimarães Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro/UNIRIO.

Resumo

O Objetivo deste texto é estabelecer a importância da incorporação dos conceitos de ser mais e inconclusão como referenciais para a educação ambiental. Para tal, promovemos o desvelamento conceitual e a contextualização histórica que justifica o resgate desses conceitos e tecemos uma costura entre eles com um enfoque nas suas implicações para a visão de mundo, a organização do socioambiente e da educação ambiental. Como resultado, propomos que tanto o socioambiente quanto o campo da educação ambiental sejam vislumbrados a partir das noções de campos contínuos e de um arranjo tridimensional da realidade, que permitem um trânsito livre pelas suas dimensões objetiva, subjetiva e intersubjetiva. Consideramos que esse trânsito, tendo-se em conta a inconclusão e o potencial de ser mais de educadores e educandos, pode colaborar na construção de processos educadores ambientalistas que ao terem como meio e fim a reumanização dos envolvidos, desafiam a mentalidade colonizadora predominante e contribuem para o reencantamento da vida.

Biografia do Autor

Daniel Fonseca de Andrade, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO

Licenciado e Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo, campus de Ribeirão Preto;

Mestre em Ciência Ambiental pela Universidade de South Bank, Londres, Inglaterra;

Doutor em Ciência Ambiental pela Universidade de São Paulo.

Professor do Departamento de Ciências do Ambiente da UNIRIO.

Coordenador do LAPEAr, Laboratório de Ações e Pesquisas em Educação Ambiental

Marcelo Senna Guimarães, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro/UNIRIO.

Graduado em filosofia pela Universidade de Brasília, UnB.

Mestre em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ.

Doutor em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ.

Professor do Departamento de Filosofia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro/UNIRIO.

Publicado
2019-01-19
Seção
Artigos