PRODUÇÃO FAMILIAR NA AGRICULTURA: UMA APROXIMAÇÃO À PROPOSTA DE LAMARCHE

  • Terezinha de Lemos SIMCH UFPEL
  • Giancarla SALAMONI UFPEL

Resumo

As propriedades rurais caracterizam-se por possuírem e explorarem fatores de produção de maneira diferenciada. Essas diferenças podem ser observadas em nível nacional, estadual, microrregional, municipal e, até dentro de uma mesma comunidade. Existem dissimilaridades significativas entre os estabelecimentos rurais, que podem ser facilmente observadas na estrutura fundiária, no que se refere a tamanho e concentração de estabelecimentos; na maior ou menor intensidade de uso dos fatores de produção, e principalmente, no que se refere a terra e mão-de-obra; na combinação de atividades; na disponibilidade de capital, entre outros. Isso ocasiona grandes diferenças no valor bruto da produção entre os estabelecimentos, na utilização do solo, no capital imobilizado, no uso de tecnologias, na produtividade dos fatores, nos custos de produção, na receita líquida, e finalmente na decisão de continuar no meio rural. Os produtores familiares, tendo em vista as características que lhes são próprias, se constituem em um grupo diferenciado na sociedade. A propriedade e o trabalho, que estão afetos à família, determinam seu caráter particular em relação aos outros atores econômicos. Mesmo assim, apresentam diversidades que exigem uma diferenciação, que permita conhecer a realidade de cada grupo de produtores, com as possibilidades e limitações que lhe são peculiares. A maior parte das explorações familiares se situa entre os extremos de uma lógica totalmente familiar de produção prioritária para autoconsumo e auto-suficiência, aliadas a baixíssimo nível tecnológico e total independência do mercado, e uma lógica completamente empresarial de produção para o mercado e baixos níveis de inserção do trabalho familiar na produção e organização da exploração. A coexistência de unidades produtivas com diferentes dinâmicas internas dificulta uma apreciação geral sobre o funcionamento das unidades familiares. Torna-se necessário, por isso, categorizar essas unidades através de critérios pré-estabelecidos.
Publicado
2008-04-11
Seção
Notas e Resenhas