A CARÊNCIA DE CONTEÚDOS DE GEOCIÊNCIAS NO CURRÍCULO BÁSICO COMUM DE GEOGRAFIA DO ENSINO FUNDAMENTAL EM MINAS GERAIS

  • Celso Dal Ré CARNEIRO UNICAMP
  • Vlander Verdade SIGNORETTI UNICAMP

Resumo

Os autores propõem manter um diálogo com professores de Geografia sobre os temas transversais na prática das escolas e sobre a importância de temas geológicos se inserirem no CBC – Currículo Básico Comum – de Geografia do Estado de Minas Gerais, definido pelo Estado, para as séries finais do ensino fundamental. O CBC de Geografia de Minas Gerais não contempla temas geológicos, imprescindíveis à aquisição de competências para uma postura crítica comprometida e cidadã frente às questões da natureza. É contraditória a falta de conteúdos de Geociências precisamente no Estado brasileiro cujo desenvolvimento baseou-se durante muito tempo, e continua a se apoiar, em riquíssimo patrimônio geológico e mineral. A análise considera o ensino de Ciências, que parece interconectado com o de Geografia, além de alguns diagnósticos sobre raízes do abandono do sistema educacional, e propostas e iniciativas que buscam alterar o quadro. Atribuem-se os impasses e descompassos ao fato de o poder público jamais ter assumido papel efetivo de liderança na melhoria do ensino. Os comentários parecem justificar a necessidade de mudanças no CBC de Geografia de Minas Gerais, para adequar o ensino da disciplina às emergentes necessidades do mundo atual. Palavras-chave: Ensino de Geociências. Geografia. Currículo Básico Comum. Mudança Curricular.
Publicado
2009-10-29
Seção
Artigos