IMPACTOS AMBIENTAIS NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIBEIRÃO MONJOLO GRANDE, IPEÚNA, SP

  • Eder Paulo SPATTI Junior Unesp
  • Luis Henrique PEREIRA Unesp
  • Fabiano Tomazini da CONCEIÇÃO Unesp
  • Sérgio dos Anjos Ferreira PINTO Unesp
  • Edvaldo GUEDES Unesp
  • Felipe Augusto Valle SILVA Unesp

Resumo

O objetivo deste trabalho foi à realização de uma avaliação ambiental simplificada na bacia hidrográfica do Ribeirão Monjolo Grande (SP), bem como propor medidas mitigadoras e estratégias de manejo para esta bacia. Este levantamento dos impactos ambientais foi feito com a aplicação de um formulário em campo ao longo do canal principal do Ribeirão Monjolo Grande e de seus principais afluentes. Os resultados mostram que os principais impactos ambientais são referentes à retirada da vegetação e aos processos erosivos, decorrentes do uso e ocupação da terra sem planejamento e ausente de práticas conservacionistas ou preocupação com os aspectos legais no que tange principalmente às Áreas de Preservação Permanente. A aplicação da análise ambiental simplificada para a bacia hidrográfica do Ribeirão Monjolo Grande mostrou-se viável para se fazer uma leitura dos impactos ambientais mensuráveis que atingem os corpos de água desta bacia e seu entorno, indicando áreas prioritárias para intervenções mitigadoras. Palavras-chave: Avaliação de Impacto Ambiental. Bacia Hidrográfica. Uso e Ocupação da Terra. Gerenciamento Ambiental.

Biografia do Autor

Luis Henrique PEREIRA, Unesp
Programa de Pós-Graduação em Geografia, IGCE, UNESP, Rio Claro.
Fabiano Tomazini da CONCEIÇÃO, Unesp
Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento, UNESP, Rio Claro.
Sérgio dos Anjos Ferreira PINTO, Unesp
Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento, UNESP, Rio Claro.
Edvaldo GUEDES, Unesp
Curso de Graduação em Geografia, UNESP, Rio Claro.
Felipe Augusto Valle SILVA, Unesp
Curso de Graduação em Geografia, UNESP, Rio Claro.
Publicado
2013-07-14
Seção
Artigos