DESEQUILÍBRIOS NA REGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR

  • Barbara -Christine Nentwig SILVA UCSAL
  • Maina Pirajá SILVA

Resumo

O trabalho apresenta uma proposta de visualização dos desequilíbrios no Estado de Roraima e na Região Metropolitana de Salvador (RMS), como exemplos de disparidades regionais e estaduais, através do emprego de anamorfoses e de mapas convencionais. As áreas foram escolhidas em função de sua diversidade de origem, ou seja, uma realidade metropolitana antiga e densa e uma realidade estadual nova e pouco densa, tentando destacar questões comuns e específicas que fazem parte do contexto brasileiro. O objetivo é o de observar estes desequilíbrios através da metodologia de construção de anamorfoses, comparando-as com os mapas temáticos convencionais, produzidos através do método de círculos proporcionais. As anamorfoses têm o mérito de destacar as grandes diferenças existentes, em geral de forma mais expressiva que os mapas temáticos convencionais. Isto permite a visualização do enorme peso da presença de Salvador, na região metropolitana, e da capital Boa Vista, no Estado de Roraima, o que contribui para entender suas estruturas espaciais. O trabalho conclui que a escolha de variáveis para a construção de anamorfoses deve ser feita sobretudo quando o objetivo for o de expressar os desequilíbrios em um determinado espaço.
Publicado
2014-03-04
Seção
Artigos