Evolução, tendências e contribuição do trabalho de formatura nos cursos de educação física da UNESP/RC

  • Dalton Müller Pessôa Filho Programa de Pós-graduação em Ciências da Motricidade Humana, Departamento de Educação Física/IB, Unesp, Rio Claro, SP
  • Ana Maria Pellegrini Departamento de Educação Física/IB, Unesp, Rio Claro, SP

Abstract

Desde a criação do curso de Licenciatura em Educação Física e Técnico Desportivo no Instituto de Biociências da UNESP/RC, em 1984, a obrigatoriedade de um trabalho de formatura tem sido uma constante. O objetivo deste estudo foi o de identificar, a partir dos trabalhos de formatura, as tendências dos discentes com relação aos tipos de pesquisa realizada, aos métodos empregados nas pesquisas, às linhas de pesquisa do Departamento e às grandes áreas do conhecimento. Foram classificados 364 trabalhos de formatura apresentados de 1987 até 1995. O número de trabalhos de formatura na área das Ciências Humanas foi muito superior ao das Ciências da Vida e, em sua grande maioria, foram classificados como pesquisa básica. De 1987 a 1990, grande parte desses trabalhos consistiu em revisão de literatura. Ao longo do curso, a linha de pesquisa Pedagogia e Administração da Educação Física, Esportes e Lazer foi a que apresentou o maior número de trabalhos de formatura. Não foram encontrados indicativos de que os trabalhos de formatura dos alunos do curso de Licenciatura se diferenciam, em sua natureza, método e tipo de pesquisa, daqueles dos alunos do curso de Bacharelado. Desta forma, não foi possível identificar uma tendência específica à cada um dos cursos oferecidos (Bacharelado e Licenciatura).

Author Biographies

Dalton Müller Pessôa Filho, Programa de Pós-graduação em Ciências da Motricidade Humana, Departamento de Educação Física/IB, Unesp, Rio Claro, SP
graduação em Bacharelado em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1994), mestrado em (1999) e doutorado (2010) no curso de Ciências da Motricidade pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Professor Assitente Doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (desde 2001). Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Metabolismo e Exercício e, também, em Análises Biomecânicas, atuando principalmente nos seguintes temas: exercício resistido, desempenho do nado crawl, aptidão do sistema neuromuscular, cardiorespiratório e antropometria. Credenciado no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Humano e Tecnologias, IB - UNESP/Rio Claro
Ana Maria Pellegrini, Departamento de Educação Física/IB, Unesp, Rio Claro, SP
Graduada em Educacao Fisica pela Universidade de São Paulo (1963), graduada em Pedagogia pela Universidade de São Paulo (1973), obteve o titulo de Master of Science(1979) e o de Doctor of Philosophy (1982) na University of Illinois, C-U, nos Estados Unidos. Obteve o Titulo de Livre Docente em Controle Motor pelo Instituto de Biociencias da UNESP, Rio Claro (1989). Atualmente é Professora Titular do Departamento de Educacao Fisica do IB/RC UNESP, atuando como docente no Curso de Graduacao em Educacao Fisica e no Curso de Pos-Graduacao em Desenvolvimento Humano e Tecnologias. A producao academica concentra-se no Desenvolvimento Humano, nas sub-areas de Aprendizagem Motora, Desenvolvimento Motor e Controle Motor e dirigida a questoes relativas as dificuldades de coordenacao motora, e da escrita manual. Busca novas tecnologias assim como programas de intervencao no trato com criancas com dificuldades de coordenacao motora. Recebeu o premio Jefferson Canfield da Sociedade Brasileira de Comportamento Motor pelo merito cientifico e emblematica contribuicao para o desenvolvimento da area de Comportamento Motor no Brasil. Membro Titular do Conselho Nacional de Etica em Pesquisa - CONEP, Ministerio da Saude, desde dezembro de 2009.
Section
Original Articles