Demanda metabólica em lutas de projeção e de solo no judô: estudo pela lactato sanguíneo.

  • Alexandre Janotta Drigo Estagiário do Lab.de Biodinâmica, Depto. de Educação Física, IB/UNESP, Rio Claro, SP
  • Andréa Rodrigues de Amorim
  • Carlos José Martins Professor de Judô do Departamento de Educação Física, IB/UNESP, Rio Claro, SP
  • Renato Molina Bolsista FAPESP (nível mestrado) no Laboratório de Biodinâmica, Departamento de Educação Física, IB/UNESP, Rio Claro, SP

Abstract

No Judô as lutas desenvolvem-se em técnicas de projeção ou domínio no solo, porém pouco se sabe da sobrecarga nestas atividades. Desta forma, com objetivo de comparar essas duas etapas de luta, judocas masculinos (n=8) de Rio Claro-SP foram testados em duas sessões constituídas de 3 tentativas de 2 min de duração com 1 min e 30 s de intervalo. Ao final de cada tentativa foi coletado sangue de lóbulo de orelha para determinação do lactato sanguíneo. Nas lutas de projeção foram obtidos valores de lactato sanguíneo na primeira, segunda e terceira tentativas de, respectivamente: 4,8± 1,6 mM, 7,1± 2,7 mM e 7,9± 3,2 mM e nas lutas de solo de: 4,2± 0,8 mM, 6,7± 2.0 mM e 8,4± 3.2 mM. Não houve diferença significativa entre as duas condições, porém houve aumento do lactato sanguíneo entre as consecutivas repetições (p<0,05). Houve correlação positiva entre o lactato sanguíneo nas lutas de projeção e de solo (r=0,95, p<0,05). Concluiu-se que ambas as lutas implicam em demanda lática de igual magnitude, e sugere não haver vantagem metabólica, em utilizar como estratégia de competição, alguma fase específica para recuperação ou tentativa de remoção de lactato.

Author Biographies

Alexandre Janotta Drigo, Estagiário do Lab.de Biodinâmica, Depto. de Educação Física, IB/UNESP, Rio Claro, SP
Possui graduação em Bacharelado Em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1994), graduação em Bacharelado Em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1998), Mestrado em Ciências da Motricidade pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2002) e Doutorado em Educação Física pelo DCE da FEF/ Unicamp (2007). Atualmente está credenciado como Docente e orientador do Programa de Pós-graduação em Ciências da Motricidade pela mesma instituição. Tem experiência na área de Educação Física e Biologia, com ênfase na Formação Profissional em Educação Física, atuando principalmente com os seguintes temas: Judô, Artes Marciais, Formação Profissional em Educação Física, Fisiologia e Metodologia do Treinamento Desportivo.
Andréa Rodrigues de Amorim
Mestre em Educação, na linha de pesquisa Ensino Superior, pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas, PUC - Campinas/SP (2003). Especialista em Treinamento Desportivo pela Universidade Estadual Paulista, UNESP - Rio Claro/SP, Graduada em Bacharelado em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista, UNESP - Rio Claro/SP (1993), graduada em Licenciatura Em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista, UNESP - Rio Claro/SP (1995). Graduanda em Fisioterapia pela Anhanguera Educacional de Rio Claro/SP. Realizando curso de especialização em Metodologias e Gestão em EAD. Atuou como professora adjunto da Anhanguera Educacional S.A. no Centro Universitário Anhanguera, Leme/SP e atualmente é professora de Educação Física junto à Secretaria Municipal de Educação de Rio Claro. Tem experiência na área de Educação Física, Educação no Ensino Superior, atuando principalmente nos seguintes temas: educação no ensino superior, ginástica geral, recreação e lazer.
Carlos José Martins, Professor de Judô do Departamento de Educação Física, IB/UNESP, Rio Claro, SP
Professor do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Humano e Tecnologias (Mestrado Acadêmico e Doutorado) Recomendado pela CAPES 2009 / Conceito 4 Área Multidisciplinar Saúde. Professor participante do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNICAMP (2010). Doutorado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005). Doutorado Sanduíche - Universite de Paris XII (Paris-Val-de-Marne)/CETSAH-EHESS (2004). Mestrado em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas (1998). Graduação em Educação Física pela Universidade Federal de Minas Gerais (1983). Atualmente é Professor Assistente Doutor Nível II (MS 3 II) no Depto. de Educação Física da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Campus de Rio Claro. Tem experiência nas áreas de Educação Física e Filosofia Contemporânea, com ênfase no campo da filosofia e história das práticas corporais, atuando principalmente nos seguintes temas: corpo, filosofia, história, política, estética e gênero.
Section
Original Articles