Aspectos Históricos e Sociais do Trabalho do(a) Catador(a) de Materiais Recicláveis

  • Daiane Cristina Rocha UNIOESTE
  • Mafalda Nesi Francischett UNIOESTE

Resumo

Este artigo tem como propósito refletir sobre os elementos de formação histórico-social-político e o processo de visibilidade do trabalho do(a) Catador(a) de materiais recicláveis. Para tal destaca a relação de tratamento, da sociedade, com os rejeitos e a constituição do trabalho com resíduos no desenvolvimento da prática de reciclagem e as modificações na visibilidade do(a) trabalhador(a). Apresentamos dados bibliográfico-científico-acadêmicos e a legalidade referente.  Ao situar o contexto histórico-social de formação da profissão, as políticas de assistência ao aporte necessário às condições de trabalho e de vida, o estudo revela o reconhecimento tardio do(a) trabalhador(a) catador(a), do mesmo modo, de como são instituídas as leis de amparos e de responsabilidades sociais, que na prática, muitas vezes, são desconhecidas.

Biografia do Autor

Daiane Cristina Rocha, UNIOESTE

Mestra em Educação, na linha de pesquisa: Cultura, Processos Educativos e Formação de Professores do Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGE, na Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE, campus de Francisco Beltrão-PR. Professora pesquisadora do Grupo de Pesquisa Representações, Espaços, Tempos e Linguagens em Experiências Educativas – GP RETLEE.

Mafalda Nesi Francischett, UNIOESTE

Doutora em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP. Pós-Doutora em Geografia pela Unicamp (2009). Professora pesquisadora no Programa de Mestrado em Educação na linha Cultura, Processos Educativos e Formação de Professores, na Universidade do Oeste do Paraná – UNIOESTE, campus Francisco Beltrão-PR.

Publicado
2021-06-30
Seção
Artigos