Formação de professores em colaboração: possibilidades de ressignificação das práticas pedagógicas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18675/1981-8106.v31.n.64.s13892

Palavras-chave:

Desenvolvimento Profissional. Formação de Professores em Serviço. Práticas Formativas Colaborativas. Reflexividade.

Resumo

O artigo apresenta resultados de uma pesquisa no campo da formação continuada de professores estruturada em uma perspectiva de colaboração numa parceria entre a universidade e a escola de educação básica. O objetivo é demonstrar que o processo formativo constituído de forma colaborativa tem possibilitado movimentos reflexivos importantes para a tomada de consciência e a promoção de mudanças na prática pedagógica. A formação configurou-se como um grupo de estudo que se reuniu durante dois anos, com adesão voluntária de professores, para discutir as demandas advindas do dia a dia da escola. Por meio de narrativas orais e escritas evidencia-se o movimento reflexivo diante das dúvidas, das dificuldades e dos desafios, que, ao serem socializados e discutidos, ganharam materialidade e potencializaram as mudanças. Os resultados apresentam um deslocamento do foco das discussões, que inicialmente evidenciavam as dificuldades dos alunos, para reflexões em torno do planejamento e elaboração das propostas.

Downloads

Publicado

2022-01-10

Como Citar

TASSONI, E. C. M. Formação de professores em colaboração: possibilidades de ressignificação das práticas pedagógicas. Educação: Teoria e Prática, [S. l.], v. 31, n. 64, p. e38[2021], 2022. DOI: 10.18675/1981-8106.v31.n.64.s13892. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/13892. Acesso em: 21 abr. 2024.