A luta pelo não fechamento da escola no campo: reflexões sobre a relação entre identidade territorial e mobilização política a partir da Comunidade São Tomé, Ilha do Marajó

Palavras-chave: Mobilização. Campo. Nucleação. Escola.

Resumo

Este trabalho tem como objeto o processo de mobilização social pelo não fechamento da Escola Municipal de Ensino Fundamental e Infantil São Tomé, localizada na comunidade de mesmo nome, em detrimento de processos de nucleação escolar ocorridos na estrutura de ensino no meio rural do Pará. De acordo com pesquisa levantada por alunos da graduação em Educação do Campo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará, campus Breves, como será observado, é possível afirmar que houve uma importância fundamental da identidade territorial no processo de mobilização de resistência pela manutenção da escola mencionada, o que, por seu turno, reforçou ainda mais a identidade territorial dos comunitários.

Referências

ARROYO, M. G. A escola do campo e a pesquisa do campo: metas. In: MOLINA, M. C. (org.). Educação do campo e pesquisa: questões para reflexão. Brasília, DF: Ministério do Desenvolvimento Agrário, 2006. p. 103-116.

BERBAT, M.; MEDEIROS, G. Educação do campo e o processo de nucleação: realidade do munícipio de Miguel Pereira do estado do Rio de Janeiro. Brazilian Journal of Education, Technology and Society, Braga, v. 10, n. 4, p. 318-327, 2017.

BORGES, J. C. F.; CAVALCANTE JUNIOR, I. G. Território, identidade e memoria: tramas conceituais para pensar a piauiensidade. In: SIMPÓSIO DE PRODUÇÃO CIENTÍFICA, 10., 2010, Teresina. Anais […]. Teresina: Uespi, 2010. Disponível em: https://bit.ly/3DbRIf2. Acesso em: 10 nov. 2019.

BRASIL. Decreto nº 8.752, de 9 de maio de 2016. Dispõe sobre a Política Nacional de Formação dos Profissionais da Educação Básica. Diário Oficial da União: Brasília, DF, 10 maio 2016. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2016/Decreto/D8752.htm#art19. Acesso em: 8 dez. 2021.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União: Brasília, DF, 23 dez. 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 2 maio 2020.

BRASIL. Lei nº 12.960, de 27 de março de 2014. Altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para fazer constar a exigência de manifestação de órgão normativo do sistema de ensino para o fechamento de escolas do campo, indígenas e quilombolas. Diário Oficial da União: Brasília, DF, 28 mar. 2014. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2014/Lei/L12960.htm. Acesso em: 11 jul. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CEB nº 23, de 12 de setembro de 2007. Consulta referente às orientações para o atendimento da educação do campo. Brasília, DF: MEC, 2007.

CALDART, R. Pedagogia do Movimento Sem Terra. São Paulo: Expressão Popular, 2005.

CALDART, R. Educação do campo: notas para uma análise de percurso. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 7, n. 1, p. 35-64, 2009.

DIAS, J. T. Mais de 80% da escolas fechadas no Pará em 2018 eram do campo. O Liberal, Belém, 26 set. 2019. Disponível em: https://www.oliberal.com/para/mais-de-80-da-escolas-fechadas-no-para-em-2018-eram-do-campo-1.196465. Acesso em: 22 out. 2019.

FREITAS, H. Rumos da educação do campo. Em Aberto, Brasília, DF, v. 24, n. 85, p. 35-49, 2011.

GONÇALVES, G. B. B. Nucleação das escolas rurais. In: OLIVEIRA, D. A. A.; DUARTE, A. M. C.; VIEIRA, L. M. F. Dicionário de verbetes: trabalho, profissão e condição docente. Belo Horizonte: UFMG/Faculdade de Educação, 2010. Disponível em: https://gestrado.net.br/verbetes/nucleacao-das-escolas-rurais/. Acesso em: 2 dez. 2021.

HAESBAERT, R. Identidades territoriais. In: CORRÊA, R. L.; ROSENDAHL, Z. (org.). Manifestações da cultura no espaço. Rio de Janeiro: Eduerj, 1999. p. 169-190.

HOWARTH, D.; STAVRAKAKIS, Y. Introducing discourse theory and political analysis. In: HOWARTH, D.; NORVAL, A.; STAVRAKAKIS, Y. (ed.). Discourse theory and political analysis: identities, hegemonies and social change. Manchester: Manchester University Press, 2000. p. 1-23.

LACLAU, E.; MOUFFE, C. Hegemony & socialist strategy: towards a radical democratic politics. London: Verso, 1985.

MELUCCI, A. Challenging codes. Cambridge: Cambridge University Press, 1996.

MESQUITA, L. A. P.; ALMEIDA, M. G. Territórios, territorialidades e identidades: relações materiais, simbólicas e de gênero no campo. Revista GeoNordeste, São Cristóvão, ano 28, n. 1, p. 2-16, 2017.

MIRANDA, J. Políticas de nucleação do campo: um estudo sobre a constituição da educação do campo e sua relação com o processo de nucleação. 2014. Monografia (Especialização em Educação) – Universidade Estadual da Paraíba, Monteiro, 2014.

MOLINA, M. C.; ANTUNES-ROCHA, I. Educação do campo, história, práticas e desafios no âmbito das políticas de formação de educadores: reflexões sobre Pronera e o Procampo. Reflexão e Ação, Santa Cruz do Sul, v. 22, n. 2, p. 220-253, 2014.

PRADO, M. Da mobilidade social à constituição da identidade política: reflexões em torno dos aspectos psicossociais das ações coletivas. Psicologia em Revista, Belo Horizonte, v. 8, n. 11, p. 59-71, 2002.

RAFFESTIN, C. Por uma geografia do poder. São Paulo: Ática, 1993.

RODRIGUES, A. C. et al. Nucleação de escolas no campo: conflitos entre formação e desenraizamento. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 42, n. 2, p. 707-728, 2017.

TONACO, D. A. Território religioso e suas territorialidades: uma história do município de Santo Antônio de Goiás (1946-2000). [S. l.: s. n.], [20--]. Disponível em: https://pos.historia.ufg.br/up/113/o/16_DaianeTonaco_TerritorioReligiosoESuas.pdf. Acesso em: 9 nov. 2019.

WANDERLEY, M.; FAVARETO, A. A singularidade do rural brasileiro: implicações para as tipologias territoriais e a elaboração de políticas públicas. In: MIRANDA, C.; SILVA, H. (org.). Concepções da ruralidade contemporânea: as singularidades brasileiras. Brasília, DF: Iica, 2013. p. 413-472.

Publicado
2022-04-04
Como Citar
VIEIRA, R. M.; SOARES FILHO, G. DA S.; COSTA, C. DOS S.; CORRÊA, M. R. A luta pelo não fechamento da escola no campo: reflexões sobre a relação entre identidade territorial e mobilização política a partir da Comunidade São Tomé, Ilha do Marajó. Educação: Teoria e Prática, v. 32, n. 65, p. e07[2022], 4 abr. 2022.