Produção em série? A subjetividade do professor universitário no cenário de industrialização acadêmica

Autores

  • Ana Helena Ribeiro Garcia de Paiva Lopes Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

DOI:

https://doi.org/10.18675/1981-8106.vol24.n47.p217-233

Palavras-chave:

Trabalho Docente, Universidade, Subjetividade, Sociabilidade

Resumo

Em uma sociedade capitalista na qual impera a competitividade e a produção desmedida, deveria ser a universidade espaço de reflexão e crítica. Contudo, parece ter também a academia se rendido às esteiras da produção em série, fazendo dos professores servos de publicações, defesas, apresentações de trabalho, organização de seminários etc. Diante de tal cenário, faz sentido supor que a subjetividade docente, em um contexto de aprisionamento da criatividade e da intencionalidade própria do professor, se faz ausente. Como uma das possíveis consequências desse processo de enrijecimento do eu, tem-se precarização do trabalho docente com a possibilidade de adoecimento deste. Todavia, é possível que o elemento vivo do humano seja resgatado e que, por esse motivo, a subjetividade docente seja construída de modo a exercitar o trabalho criativo. Este artigo tem como objetivo discutir de que modo se dá o árduo, mas possível, processo de construção da subjetividade do professor universitário em tempos de indústria acadêmica.

Biografia do Autor

Ana Helena Ribeiro Garcia de Paiva Lopes, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Pedagoga formada pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Mestranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da UFSCar. Bolsista FAPESP e membro do Grupo de Estudos e Pesquisa “Teoria Crítica e Educação” (sede UFSCar).

Downloads

Publicado

2014-12-18

Como Citar

RIBEIRO GARCIA DE PAIVA LOPES, A. H. Produção em série? A subjetividade do professor universitário no cenário de industrialização acadêmica. Educação: Teoria e Prática, [S. l.], v. 24, n. 47, p. 217–233, 2014. DOI: 10.18675/1981-8106.vol24.n47.p217-233. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/6869. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos