Representações da homossexualidade e o preconceito contra homossexuais entre estudantes universitários de um curso de formação em ensino de biologia na Universidade Pedagógica - Moçambique

Autores

  • Juvencio Manuel Nota Departamento de Biologia, Faculdade de Ciencias Naturais e Matemática da Universidade Pedagógica - Moçambique

DOI:

https://doi.org/10.18675/1981-8106.vol24.n45.p119-143

Palavras-chave:

Representações sociais, preconceito sexual, homossexualidade, gays, lésbicas

Resumo

Este artigo resulta de fragmentos da dissertação do autor, e analisa as representações (explicações) de futuros professores de Biologia sobre a natureza da homossexualidade e o tipo de preconceito expresso contra homossexuais. Neste sentido foi aplicado um questionário estruturado anônimo e autoadministrado a uma amostra de 127 alunos de ambos os sexos, do primeiro ao quarto ano no campus de Lhanguene em Maputo. Nesta amostra, a representação da homossexualidade se orientou em torno de duas explicações: psicossociais e biológicas. Os resultados evidenciaram a presença de um preconceito generalizado em relação aos homossexuais, pois não identificamos um grupo de estudantes não preconceituosos. A análise da ancoragem do tipo de preconceito permitiu a classificar os estudantes em dois grupos: preconceituoso flagrante e preconceituoso sutil. O primeiro grupo explicava a homossexualidade com base em determinantes biológicos, enquanto o segundo dirigiu suas explicações para causas psicossociais. O tipo de preconceito expresso contra homossexuais está ancorado a natureza das explicações da homossexualidade. A única variável sociodemográfica em nosso estudo prediz significativamente o tipo de preconceito contra os homossexuais é o nível de religiosidade; assim quanto maior à religiosidade ou adesão à escala etico-moral e religiosa maior é o preconceito e probabilidade dos sujeitos expressarem-no de modo flagrante.

Biografia do Autor

Juvencio Manuel Nota, Departamento de Biologia, Faculdade de Ciencias Naturais e Matemática da Universidade Pedagógica - Moçambique

Docente no Departamento de Biologia, Faculdade de Ciencias Naturais e Matemática da Universidade Pedagógica. Pesquisador e coordenador do Nucleo de Estudos de Género, Sexualidade e Educação Sexual do Centro de Estudos de Politicas Educativas (CEPE-UP) em Maputo-Moçambique. Campus de Lhagune.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2014-04-09

Como Citar

NOTA, J. M. Representações da homossexualidade e o preconceito contra homossexuais entre estudantes universitários de um curso de formação em ensino de biologia na Universidade Pedagógica - Moçambique. Educação: Teoria e Prática, [S. l.], v. 24, n. 45, p. 119–143, 2014. DOI: 10.18675/1981-8106.vol24.n45.p119-143. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/7390. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos