DESAFIOS NA FORMAÇÃO DOCENTE EM DIVERSIDADE SEXUAL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18675/1981-8106.vol29.n60.p140-161

Palavras-chave:

Sexualidade, Formação de professores, Currículo

Resumo

Considerando a inclusão cada vez maior das diversidades nos debates do campo da educação, o objetivo deste artigo é evidenciar os desafios encontrados na efetivação da formação docente em diversidade sexual. A opção metodológica foi por um estudo bibliográfico de abordagem qualitativa. Assim, apresentamos o texto dividido em três partes que discutem a diversidade sexual enquanto componente de um currículo da diferença, as relações entre sexualidade, educação e aspectos políticos e, por fim, a formação docente em diversidade sexual com especial enfoque para as ciências biológicas. Nossas análises indicam que pouca atenção tem sido dispensada a perspectivas não-heteronormativas no campo formativo. Em grande parte, a formação docente em diversidade sexual tem sido comprometida e/ou impedida em função de investimento ativo de um grupo conservador majoritariamente com ideais religiosos fundamentalistas que se opõem a direitos humanos e agendas inclusivas na educação. Ao se pensar sobre currículos, artefatos culturais e discursos investidos na formação docente, é imprescindível pensar também na inclusão de abordagens que não excluam perspectivas das minorias sexuais. Palavras-chave: Sexualidade. Formação de professores. Currículo.

Publicado

2019-04-02

Como Citar

SANTOS, C. F.; SANTOS, R. M. R. DESAFIOS NA FORMAÇÃO DOCENTE EM DIVERSIDADE SEXUAL. Educação: Teoria e Prática, [S. l.], v. 29, n. 60, p. 140–161, 2019. DOI: 10.18675/1981-8106.vol29.n60.p140-161. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/13029. Acesso em: 23 maio. 2024.