Severidades Ocupacionais associadas à inatividade física no lazer em trabalhadores. <br> doi: http://dx.doi.org/10.5016/1980-6574.2010v16n3p701

Autores

  • Camila Bosquiero Papini Instituto de Biociências. UNESP - Univ Estadual Paulista. Campus de Rio Claro, Departamento de Educação Física, Núcleo de Atividade Física, Esporte e Saúde, Rio Claro, SP
  • Priscila Missaki Nakamura Instituto de Biociências. UNESP - Univ Estadual Paulista. Campus de Rio Claro, Departamento de Educação Física, Núcleo de Atividade Física, Esporte e Saúde, Rio Claro, SP
  • Caroline de Oliveira Martins Laboratório de Estudos e Pesquisas em Atividade Física e Saúde – LEPAFS, Departamento de Educação Física, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB
  • Eduardo Kokubun Instituto de Biociências. UNESP - Univ Estadual Paulista. Campus de Rio Claro, Departamento de Educação Física, Núcleo de Atividade Física, Esporte e Saúde, Rio Claro, SP

DOI:

https://doi.org/10.5016/1980-6574.2010v16n3p701

Palavras-chave:

Trabalhadores, Nível de atividade física, Severidades ocupacionais

Resumo

O objetivo do estudo foi verificar associações entre severidades ocupacionais e nível de atividade física no lazer em trabalhadores. Para isso participaram do estudo 200 trabalhadores (71 homens e 129 mulheres) do Município de Rio Claro e região. Foram avaliados o nível de atividade física no lazer (ativo ou inativo) e algumas severidades ocupacionais. A análise estatística revelou que o tempo da jornada diária de trabalho, realização de horas extra e intensidade do trabalho não foram associados à inatividade física no lazer em trabalhadores. Somente a disposição no fim da jornada de trabalho foi associada à inatividade física no lazer, mostrando que trabalhadores que tem alguma disposição depois do trabalho são mais ativos no tempo de lazer.

Biografia do Autor

Camila Bosquiero Papini, Instituto de Biociências. UNESP - Univ Estadual Paulista. Campus de Rio Claro, Departamento de Educação Física, Núcleo de Atividade Física, Esporte e Saúde, Rio Claro, SP

Mestre em Biodinâmica da Motricidade Humana - Unesp/RC Núcleo de Atividade Física, Esporte e Saúde - Depto de Educação Física. Área: Atividade Física e Saúde. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2669001117036778

Priscila Missaki Nakamura, Instituto de Biociências. UNESP - Univ Estadual Paulista. Campus de Rio Claro, Departamento de Educação Física, Núcleo de Atividade Física, Esporte e Saúde, Rio Claro, SP

possui graduação em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2003). Mestrado em Biodinâmica da Motricidade Humana pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2007) atuando principalmente nos seguintes temas: ginástica laboral, qualidade de vida, atividade fisica, potência critica, treinamento, intervenção e epidemiologia. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5351348802636390

Caroline de Oliveira Martins, Laboratório de Estudos e Pesquisas em Atividade Física e Saúde – LEPAFS, Departamento de Educação Física, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB

possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2000) e doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005). É autora dos livros GINÁSTICA LABORAL NO ESCRITÓRIO (Fontoura, 2001 e 2009 - no prelo) e PROGRAMA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE DO TRABALHADOR (Fontoura, 2008). Atualmente é professora do Departamento de Educação Física da Universidade Federal da Paraíba, em João Pessoa (PB), ministrando as disciplinas de Aprendizagem e Controle Motor e Informática Aplicada à Educação Física/Microcomputação. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/0575208558008120

Eduardo Kokubun, Instituto de Biociências. UNESP - Univ Estadual Paulista. Campus de Rio Claro, Departamento de Educação Física, Núcleo de Atividade Física, Esporte e Saúde, Rio Claro, SP

possui graduação em Educação Física pela Universidade de São Paulo (1979) , mestrado em Educação Física pela Universidade de São Paulo (1984) e doutorado em Ciências (Fisiologia Humana) pela Universidade de São Paulo (1990) . Atualmente é PROFESSOR ADJUNTO da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho e Revisor de periódico da Revista Portuguesa de Ciências do Desporto. Tem experiência na área de Fisiologia , com ênfase em Fisiologia do Esforço. Atuando principalmente nos seguintes temas: Natacao, aeróbio, anaeróbio, modelo matemático. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3650843918755682

Downloads

Publicado

2017-11-08

Edição

Seção

Artigo Original

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)