Fotodiagnóstico como ferramenta metodológica em Educação Ambiental

  • Patricia Carla Barbosa Pimentel (Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Cristina Maria Dacach Fernandez Marchi Universidade Católica do Salvador
  • Marcia Cristina Nascimento Universidade Católica do Salvador

Resumo

A nova geração segue impulsionada com registros de imagens em qualquer lugar a qualquer hora, graças à tecnologia avançada que nos permite ver o mundo e situações de diversas maneiras e com riqueza de detalhes, o que possibilitou as várias pesquisas ligadas a fotografias criarem métodos como a fotoelicitação, a iconografia, a ecnografia, entre outros. Nessa pesquisa, utilizou-se o fotodiagnóstico com vistas à sensibilização de indivíduos para os impactos de resíduos sólidos em área de manguezal. Nesse sentido, este artigo visa apresentar os resultados da implementação do fotodiagnóstico como ferramenta em Educação Ambiental. A abordagem metodológica adotada tem caráter qualitativo e se constituiu em duas etapas distintas e consecutivas. Utilizou-se da análise interpretativa, uma das etapas que compõem a análise de conteúdo, e da coleta de dados, que ocorreu por meio de grupo focal. Os resultados da pesquisa demonstraram que a fotografia pode ser uma grande ferramenta metodológica aliada aos processos de sensibilização em educação ambiental para uma mudança de comportamento através da reflexão das imagens pelos seus participantes.

Biografia do Autor

Patricia Carla Barbosa Pimentel , (Universidade Estadual de Santa Cruz

Doutora em Desenvolvimento e Meio Ambiente (2016), Mestre em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente (2006) pela Universidade Estadual de Santa Cruz, Especialista em Gerenciamento Ambiental (2002) e Graduada em Ciências Biológicas (2001) pela Universidade Católica do Salvador (UCSAL). Atua na área das Ciências Ambientais, em especial em Gestão Ambiental, Educação ambiental, Resíduos Sólidos, Desenvolvimento Sustentável, Conservação da Biodiversidade em Áreas Protegidas e Pobreza. Docente e pesquisadora na Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), iniciou sua carreira na área ambiental em 1999 com experiência na área técnica e acadêmica

Cristina Maria Dacach Fernandez Marchi, Universidade Católica do Salvador

Administradora, Mestre em Planejamento Urbano e Doutora em Geologia. Pos Doutorado no Instituto de Estudos Latino Americanos da Universidade de Estocolmo, Suecia. Professora Professora do Mestrado em Planejamento Ambiental, do Programa de Pós-Graduação em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social da Universidade Católica do Salvador (UCSAL), Líder do Grupo de Pesquisa em Gestão Ambiental e Desenvolvimento de Empreendimentos Sociais – GAMDES, UCSAL>

Desenvolve pesquisas nas áreas de gestão do meio ambiente, com ênfase no saneamento básico, no cooperativismo, no associativismo e no empreendedorismo social. Lidera o Grupo de Pesquisa em Gestão Ambiental e Desenvolvimento de Empreendimentos Sociais (CNPQ) ligado à pós graduação da universidade Católica do Salvador, Bahia. Os trabalhos desenvolvidos neste grupo de pesquisa buscam contribuir para o aprimoramento da gestão nos serviços públicos, no desenvolvimento de modelos de gestão inovadores e integradores aos recursos naturais seguindo, dentre outras, as temáticas 1- identificação de conflitos de uso dos recursos naturais e das políticas ambientais; 2- análise das políticas públicas de desenvolvimento e do meio ambiente e, 3- estudo das condições organizacionais e da funcionalidade dos ambientes urbanos ligados ao saneamento básico. O estudo das condições organizacionais ligadas ao saneamento básico considera as condições gerenciais e socioeconômicas dessas infraestruturas públicas, sua análise, funcionalidade e dinâmica espacial, além da verificação dos aspectos sócio econômicos da população, suas relações com o meio urbano, além do diagnostico dos principais problemas, limitações e potencialidades dessas condições, no sentido de elaborar planos de ordenação sócio espacial das áreas em estudo. Atualmente, integra o corpo docente do Programa de Pós graduação em Planejamento Ambiental - PPGPA e da graduação da Escola de Administração de Empresas da UCSal.

Marcia Cristina Nascimento, Universidade Católica do Salvador

 Mestre em Planejamento Ambiental da GAMDES  da  Universidade Católica do Salvador – UCSAL, Integrante do Grupo de Pesquisa em Gestão Ambiental e Desenvolvimento de Empreendimentos Sociais –UCSal

Publicado
2022-09-06
Seção
Artigos