Literatura infantil no processo de alfabetização: a experiência com os elementos do texto narrativo

Palavras-chave: Alfabetização. Literatura Infantil. Texto Narrativo

Resumo

Este artigo é parte de uma pesquisa de mestrado que se voltou à análise das atividades pedagógicas com a literatura. Nesse recorte, o objetivo é demonstrar como as crianças em processo de alfabetização se apropriam dos elementos do texto narrativo – narrador, personagem, tempo, espaço e enredo – por meio de textos literários. A pesquisa envolveu 27 alunos do segundo ano do ensino fundamental de uma escola pública, por meio de experimentos didáticos. Durante o experimento, as crianças observaram, através de contos clássicos, os elementos do texto narrativo em cada uma das histórias que eram apresentadas de diversas formas: leitura, vídeo, áudio, música e oralmente. Após a contação da história, as crianças desenvolveram diferentes atividades, como: interpretação oral, desenhos, recorte e colagem, reescrita da história e produção textual para identificação e representação de todos os elementos do texto narrativo. Na produção da narrativa ficou evidente que as crianças conseguiam estabelecer certa harmonia na utilização dos elementos na produção textual. Embora não seja enriquecida de detalhes, podemos identificar claramente o espaço da narrativa produzida pela criança, devido ao fato de que ela infere detalhes sobre esse elemento em sua produção.

Referências

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. São Paulo: Editora 34, 2016.

CAMARGO, M. A. S.; SILVA, M. J. P. A literatura infantil como um recurso pedagógico indispensável. Revista Espacios, Caracas, v. 41, n. 9, art. 12, 2020. Disponível em: https://www.revistaespacios.com/a20v41n09/a20v41n09p13.pdf. Acesso em: 12 maio 2021.

COELHO, N. N. Literatura infantil: teoria, análise, didática. São Paulo: Moderna, 2000.

CUNHA, M. A. A. Literatura infantil: teoria e prática. São Paulo: Ática, 1998.

GANCHO, C. V. Como analisar narrativas. 7. ed. São Paulo: Ática, 2003.

LURIA, A. R. O desenvolvimento da escrita na criança. In: VIGOTSKI, L. S.; LEONTIEV, A. N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. 10. ed. São Paulo: Ícone, 2010. p. 150-166.

MELLO, S. A. A literatura infantil e a formação da atitude leitora nas crianças pequenas. In: CHAVES, M. et al. Práticas pedagógicas e literatura infantil. Maringá: Eduem, 2011. p. 41-51.

QUEIRÓS, B. C. Literatura: leitura de mundo, criação de palavras. In: YUNES, E. (org.). Pensar a leitura: complexidade. São Paulo: Loyola, 2002. p. 26-32.

REGO, L. L. B. Literatura infantil: uma nova perspectiva da alfabetização na pré-escola. São Paulo: FTD, 1994.

REYES, Y. Mediadores de leitura. In: GLOSSÁRIO Ceale: termos de alfabetização, leitura e escrita para educadores. Belo Horizonte: FaE-UFMG, 2014.

SAVIANI, D. Escola e democracia. Campinas: Autores Associados, 2008.

SILVA, R. M. G. Literatura para crianças: a narrativa. In: MENEGASSI, R. J. (org.). Leitura e ensino. 2. ed. Maringá: Eduem, 2010. p. 109-128.

SIQUEIRA, J. H. S. Organização textual da narrativa. São Paulo: Seelinute, 1992.

YUNES, E. Tecendo um leitor: uma rede de fios cruzados. Curitiba: Aymará, 2009.

Publicado
2022-01-10
Como Citar
FRANCIOLI, F. A. S.; MILITÃO CABREIRA COPETTI, L. Literatura infantil no processo de alfabetização: a experiência com os elementos do texto narrativo. Educação: Teoria e Prática, v. 31, n. 64, p. e40[2021], 10 jan. 2022.