Projeto Interventivo no Bloco Inicial de Alfabetização no Distrito Federal: “projeto envolvente e que traz resultados a curto prazo”

Autores

  • Benigna Maria de Freitas Villas Boas Faculdade de Educação da Universidade de Brasília

Palavras-chave:

Palavras-chave, Projeto Interventivo. Avaliação. Bloco Inicial de Alfabetização.

Resumo

O texto apresenta resultados parciais de uma pesquisa que vem sendo realizada sobre a avaliação no Bloco Inicial de Alfabetização - BIA. Analisam-se as possibilidades de o Projeto Interventivo contribuir para a construção da avaliação formativa no BIA. Para isso analisaram-se 100 Projetos de diferentes escolas do Distrito Federal - DF - e coletaram-se percepções de professores, coordenadores pedagógicos e supervisores. Apresentam-se os momentos e as singularidades desse Projeto. Defende-se a tese de que desenvolvê-lo em consonância com a avaliação formativa pressupõe a individualização/diferenciação do ensino. Professores e coordenadores pedagógicos apontaram as contribuições que o Projeto tem trazido, como o maior acompanhamento do desempenho de cada aluno, e as dificuldades para desenvolvê-lo. As várias possibilidades oferecidas por esse projeto ainda não foram exploradas pelas escolas, como por exemplo: a superação da recuperação de estudos em seu formato tradicional e a organização da escola não-seriada. Constatou-se que uma das maiores necessidades do Projeto é ser “abraçado por todos os professores e principalmente ser entendido pela direção e coordenadores”.

Downloads

Como Citar

VILLAS BOAS, B. M. de F. Projeto Interventivo no Bloco Inicial de Alfabetização no Distrito Federal: “projeto envolvente e que traz resultados a curto prazo”. Educação: Teoria e Prática, [S. l.], v. 20, n. 35, p. 39, 2010. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/4084. Acesso em: 4 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos