História de vida na pesquisa com adultos com deficiência: algumas reflexões

Autores

  • Rogério Drago Universidade Federal do Espírito Santo
  • Camila Reis do Santos

DOI:

https://doi.org/10.18675/1981-8106.vol23.n44.p81-94

Palavras-chave:

History of life. Educational research. Adults with disabilities.

Resumo

Entendendo que o ser humano produz história e cultura ao mesmo tempo em que é invadido pela história e pela cultura dos outros seres com os quais entra em contato durante toda a sua vida, este texto busca discutir a metodologia de história de vida para a pesquisa com adultos que possuem deficiência, transtornos globais do desenvolvimento ou altas habilidades superdotação, reconhecendo-os como sujeitos que possuem voz e que, a partir de suas narrativas, podem contribuir para que novas/outras ações políticas e práticas possam ser desenvolvidas com o intuito de aprimorar o processo inclusivo de modo macro – social e micro – escolar de pessoas com deficiência. Nesse sentido, trata-se de um estudo teórico onde são apresentadas as características do método de história de vida, sua importância para a pesquisa educacional, seus procedimentos, bem como seu valor no resgate da identidade e subjetividade de pessoas adultas com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento ou altas habilidades/superdotação.

Biografia do Autor

Rogério Drago, Universidade Federal do Espírito Santo

Doutor em Educação pela PUC-Rio. Professor Adjunto do Centro de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2013-12-16

Como Citar

DRAGO, R.; DO SANTOS, C. R. História de vida na pesquisa com adultos com deficiência: algumas reflexões. Educação: Teoria e Prática, [S. l.], v. 23, n. 44, p. 81–94, 2013. DOI: 10.18675/1981-8106.vol23.n44.p81-94. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/6945. Acesso em: 20 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)