Compreensão e perspectivas de pesquisadores acerca do ensino de filosofia no ensino médio

Palavras-chave: Metodologia do ensino de filosofia. Entrevistas com professores de filosofia. Reforma do Ensino Médio.

Resumo

Neste artigo, o objetivo foi investigar o entendimento e as perspectivas de pesquisadores acerca do ensino de filosofia. A pesquisa, de natureza qualitativa, bem como os dados analisados, origina-se de entrevistas realizadas com sete professores pesquisadores e publicadas na revista Filosofia: Ciência & Vida, da Editora Escala. Para analisar as falas desses professores pesquisadores, utilizou-se a técnica de análise de conteúdo de Bardin, da qual emergiram três categorias: trajetória da disciplina de filosofia; metodologia do ensino de filosofia; e contribuições do ensino de filosofia no ensino médio. Os resultados apontam que a filosofia, como disciplina integrante do currículo das escolas de ensino médio, oscila, ao longo do tempo, entre permanências e ausências, e que a sua presença em 2020, diante da reforma decretada pela Lei nº 13.415/2017, vê-se condenada à exclusão. Assim sendo, é fundamental pensar em formas de resistência para a permanência da disciplina de filosofia no contexto educacional.

Referências

ALVES, D. J. A filosofia no ensino médio: ambiguidades e contradições na LDB. Campinas: Autores Associados, 2002.

BALL, S. J. Educação Global S.A.: novas redes políticas e o imaginário neoliberal. Ponta Grossa: UEPG, 2014.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto, 1994.

BRASIL. Lei nº 5.692, de 11 de agosto de 1971. Fixa diretrizes e bases para o ensino de 1º e 2º graus, e dá outras providências. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, p. 6377, 12 ago. 1971.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União: Brasília, DF, 23 dez. 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 15 jul. 2021.

BRASIL. Lei nº 13.415, de 16 de fevereiro de 2017. Altera as Leis nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e 11.494, de 20 de junho 2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, a Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, e o Decreto-Lei nº 236, de 28 de fevereiro de 1967; revoga a Lei nº 11.161, de 5 de agosto de 2005; e institui a Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, n. 35, p. 1-3, 17 fev. 2017.

BRASIL. Lei No 11.684, de 2 de junho de 2008. Altera o art. 36 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir a Filosofia e a Sociologia como disciplinas obrigatórias nos currículos do ensino médio. Brasília: Presidência da República, Casa Civil, Subchefia para Assuntos Jurídicos, [2008]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11684.htm. Acesso em: 11 mar. 2022.

BROOKS, R.; TE RIELE, K.; MAGUIRE, M. Ética e pesquisa em educação. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2017.

CARRILHO, M. M. Razão e transmissão da filosofia. Lisboa: Imprensa Nacional Casa da Moeda, 1987.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. O que é a filosofia? 3. ed. Rio de Janeiro: Editora 34, 2010.

GABRIEL, F. A. A aula de filosofia enquanto experiência filosófica: possibilitar ao estudante de filosofia “criar conceitos” e/ou “avaliar o ‘valor’ dos valores”. Rio de Janeiro: Multifoco, 2017.

GABRIEL, F. A.; PEREIRA, A. L.; ALVES, M. S. A aula de filosofia como criação conceitual e laboratório conceitual. Educação: Teoria e Prática, Rio Claro, v. 30, n. 63, p. 1-16, 2020. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/13474. Acesso em: 15 jul. 2021.

GABRIEL, F. A.; PEREIRA, A. L.; MONTEIRO, T. S. Filosofia da práxis na constituição da hegemonia da classe trabalhadora segundo Gramsci. Revista Linhas, Florianópolis, v. 21, n. 46, p. 252-272, 2020. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723821462020252. Acesso em: 15 jul. 2021.

GALLO, S. Filosofia anarquista. Filosofia: Ciência & Vida, São Paulo, ano 8, n. 80, p. 5-13, 2013.

GONTIJO, P. E. Deleuze e a educação. Filosofia: Ciência & Vida, São Paulo, ano 8, n. 99, p. 5-13, 2014.

JARDIM, A. F. C.; OLIVEIRA, A. S. O ensino de filosofia no processo de resistência. Griot: Revista de Filosofia, Amargosa, v. 20, n. 2, p. 332-346, 2020. Disponível em: https://www3.ufrb.edu.br/seer/index.php/griot/article/view/1513. Acesso em: 15 jul. 2021.

MENDES, A. A. P. Didática e metodologia do ensino de filosofia. Curitiba: Intersaberes, 2017.

OBIOLS, G. Uma introdução ao ensino da filosofia. Ijuí: Editora Unijuí, 2002.

PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação e do Esporte. Instrução Normativa Conjunta nº 011/2020 – DEDUC/DPGE/SEED. Dispõe sobre Matriz Curricular do Ensino Médio na rede pública estadual de ensino do Paraná. Curitiba: SEED, 2020. Disponível em: https://www.educacao.pr.gov.br/sites/default/arquivos_restritos/files/documento/2021-01/instrucaonormativa_112020_curriculoem.pdf. Acesso em: 10 jul. 2021.

Proposta de Emenda à Constituição n° 55, de 2016. Altera o Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, para instituir o Novo Regime Fiscal, e dá outras providências. Brasília: Senado Federal, [2016]. Disponível em: https://legis.senado.leg.br/sdleg-getter/documento?dm=3877571&ts=1606767233079&disposition=inline. Acesso em: 5 jan. 2022.

SANTI, A. M. Impacto profundo. Filosofia: Ciência & Vida, São Paulo, ano 10, n. 125, p. 5-13, 2016.

SEVERINO, A. J. Filosofia para a vida. Filosofia: Ciência & Vida, São Paulo, ano 7, n. 98, p. 5-13, 2014.

SILVA, J. C. Como tudo começou. Filosofia: Ciência & Vida, São Paulo, ano 7, n. 76, p. 5-13, 2012.

SOUZA, M. Educação como ato político. Filosofia: Ciência & Vida, São Paulo, ano 7, n. 92, p. 7-15, 2014.

TEIXEIRA, L. S.; HORN, G. B. Didática do ensino de filosofia: pressupostos teórico-metodológicos. Curitiba: CRV, 2017.

TOMAZETTI, E. Caminho da autonomia. Filosofia: Ciência & Vida, São Paulo, ano 8, n. 97, p. 5-12, 2014.

VERGARA, S. C. Métodos de coleta de dados no campo. São Paulo: Atlas, 2012.

Publicado
2022-04-04
Como Citar
GABRIEL, F. A.; PEREIRA, A. L.; MENDES, A. A. P. Compreensão e perspectivas de pesquisadores acerca do ensino de filosofia no ensino médio. Educação: Teoria e Prática, v. 32, n. 65, p. e09[2022], 4 abr. 2022.

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)