ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO AO SUPERDOTADO EM ESCOLA PÚBLICA AMERICANA E CONTRIBUIÇÕES PARA O CONTEXTO BRASILEIRO

  • Carina Alexandra Rondini Universidade Estadual Paulista – Câmpus de São José do Rio Preto
  • Nielsen Pereira Purdue University
Palavras-chave: Atendimento Educacional Especializado, Altas Habilidades ou Superdotação, Escola Pública, Estados Unidos, Brasil.

Resumo

Está em foco um serviço de atendimento educacional especializado oferecido a estudantes com altas habilidades/superdotação (AH/SD), por uma escola pública americana do Estado de Indiana e, em que medida o referido serviço poderia contribuir às escolas brasileiras. Acompanhou-se as atividades desenvolvidas no programa elementar do jardim de infância ao 4º ano do ensino fundamental, no período de janeiro a abril de 2016, durante uma semana em cada uma das 5 classes para estudantes com AH/SD. O estudo está exposto em duas seções que evidenciam que, no aspecto legal, o Brasil assemelha-se em muitos aspectos ao estado americano focalizado, ficando em desvantagem em relação à efetivação das leis, por não possuir diretrizes claras para sua implementação. As práticas brasileiras focadas na suplementação do ensino para os estudantes com AH/SD, mostram divergências com as práticas de aprendizagem observadas, as quais buscam oferecer um ensino não apenas complementar, mas mais condizente com as potencialidades desses estudantes, ao investir em modos diferentes de agrupamento e adotar métodos pedagógicos que priorizem o atendimento às diversas necessidades individuais dos estudantes, dentro da sala de aula. Palavras-chave: Atendimento Educacional Especializado. Altas Habilidades/Superdotação. Escola Pública. USA. Brasil.

Biografia do Autor

Carina Alexandra Rondini, Universidade Estadual Paulista – Câmpus de São José do Rio Preto
Professora Assistente Doutor junto ao Departamento de Ciências de Computação e Estatística.
Nielsen Pereira, Purdue University
Department of Educational Studies
Publicado
2016-12-12
Seção
Artigos