PERCEÇÃO DE GANHOS DE AUTONOMIA EM ESTUDANTES DE ENFERMAGEM

Palavras-chave: Autonomia. Desenvolvimento. Motivação. Interações. Ensino Superior.

Resumo

O ensino superior não deve ignorar que deve pensar-se como integrando um sistema educativo e que, como tal, deve abarcar um amplo conjunto de aspetos que influenciam não só o desenvolvimento pessoal e social do aluno mas, também, o desenvolvimento global da sociedade, que obviamente, depende dos conhecimentos científicos e técnicos mas igualmente da qualidade do desenvolvimento psicossocial dos que frequentam as instituições universitárias ou equivalentes. A presente investigação pretende dar um contributo para a compreensão de uma das dimensões do desenvolvimento psicossocial – a autonomia – investigando alguns dos fatores pessoais e contextuais que possam contribuir para uma melhor compreensão sobre esta dimensão do desenvolvimento dos estudantes de enfermagem. Participaram no presente estudo1029 estudantes que frequentavam os quatro anos do Curso de Licenciatura de Enfermagem, sendo 85.5% do sexo feminino e 14.7% do sexo masculino. A média de idades foi de 20.8 anos (DP=3.34). Os resultados sugerem que os estudantes tendem a revelar um sentimento de pertença e integração na instituição por eles frequentada e perceber o ambiente institucional como estimulante, ainda que, neste estudo, sobressaia um envolvimento especialmente virado às atividades que mais se relacionam com os estudos especificamente do curso e menos com as extracurriculares.

Referências

ALMEIDA, L. S.; ARAÚJO, A. M.; FERREIRA, J. A. Editorial: Adaptação e Sucesso Académico no Ensino Superior, Revista E-PSI, v. 4, n. 1, p. 1-4, 2014.

ALMEIDA, L. S.; GUISANDE, M. A.; PAISANA, J. Extra-curricular involvement, academic adjustment and achievement in higher education: A study of Portuguese students. Anales de Psicología, v. 28, n. 3, p. 860-865, 2012.

ARAÚJO, B. R.; ALMEIDA, L. S.; PAÚL, M. C. Transição e adaptação académica dos estudantes à escola de enfermagem. Revista Portuguesa de Psicossomática, v. 5, n.1, p. 56-64, 2003.

ASTIN, A. What matters in college? Four critical years revisited. San Francisco, CA: Jossey-Bass, 1997.

BRYSON, C.; HAND, L. The role of engagement in inspiring teaching and learning. Innovations in Education and Teaching International, v. 44, n. 4, p. 349-362, 2007.

CHICKERING, A. Education and Identity. San Francisco, CA: Jossey-Bass, 1969.

CHICKERING, A.; REISSER, L. Education and Identity. San Francisco, CA: Jossey-Bass, 1993.

CUSTÓDIO, S. M. R. Stress, suporte social, optimismo e saúde em estudantes de Enfermagem em ensino clínico (Tese de doutoramento não publicada). Universidade de Aveiro, Aveiro, 2010.

DECI, E. L.; RYAN, R. M. The general causality orientations scale: Self- determination in personality. Journal of Research in Personality, v. 19, n. 2, p. 109-134, 1985.

ERIKSON, E. H. Identity: Youth and crisis. New York, NY: Norton, 1968.

FERNANDES, E. P.; ALMEIDA, L. Expectativas e vivências académicas: impacto no rendimento dos alunos do 1º ano. Psychologica, v. 40, p. 267-278, 2005.

FERREIRA, J. A. As teorias interacionistas e o desenvolvimento psicossocial do estudante universitário. Revista Portuguesa de Pedagogia, v. 25, p. 91-105, 1991.

FERREIRA, J. A. Escala de Orientações Gerais de Causalidade. Coimbra: Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (trabalho não publicado), 2013.

FERREIRA, J. A.; FERREIRA, A. G. Desenvolvimento psicológico e social do jovem adulto e implicações pedagógicas no âmbito do ensino superior. Revista Portuguesa de Pedagogia, v. 35, n. 3, p. 119-159, 2001.

FERREIRA, J. A.; HOOD, A. B. Para a compreensão do desenvolvimento psicossocial do estudante universitário. Revista Portuguesa de Pedagogia, v. 24, p. 391-406, 1990.

GILLIGAN, C. Uma voz diferente. Rio de Janeiro: Editora Rosa dos Tempos, 1982.

GUEDES, M. G.; LOURENÇO, J. M.; FILIPE, A. I.; ALMEIDA, L.; MOREIRA, M. A. Bolonha: ensino e aprendizagem por projeto. Lisboa: Centro Atlântico, 2007.

KING, P.; KITCHENER, K. Developing reflective judgment. San Francisco, CA: Jossey-Bass, 1994.

KOHLBERG, L. The psychology of moral development: The nature and validity of moral stages. San Francisco, CA: Harper & Row, 1984.

KUH, G. Assessing what really matters to student learning: Inside the National Survey of Student Engagement. Change, v. 33, n. 1, p. 10-17, 2001.

KUH, G. High impact educational practices: What they are, who has access to them, and why they matter. Washington, D.C.: Association of American Colleges and Universities, 2008.

KUH, G.; KINZIE, J.; SCHUH, J.; WHITT E., & Associates. Student success in college: Creating conditions that matter. San Francisco, CA: Jossey-Bass, 2005.

MAROCO, J. Análise estatística com utilização do SPSS. 6. ed. Lisboa: Edições Silabo, 2014.

NUNES, S. M.; GARCIA, A. R. Estudantes do ensino superior: As relações pessoais e interpessoais nas vivências académicas. Gestin, v. 8, n. 8, p. 195-203, 2010.

OMIGBODUN, O. O.; ONIBOKUN, A. C.; YUSUF, B. O.; ODUKOGBE, A. A.; OMIGBODUN, A. O. Stressors and counseling needs of undergraduate nursing students in Ibadan, Nigeria. Journal of Nursing Education, v. 43, n. 9, p. 412-415, 2004.

PASCARELLA, E.; TERENZINI, P. How college affects students: A third decade of research. San Francisco, CA: Jossey-Bass, 2005.

PERRY, W. G. Forms of intellectual and ethical development in the college years: A scheme. New York, NY: Holt, Rinehart & Winston, 1970.

PINHEIRO, M. R.; FERREIRA, J. A. Suporte social e adaptação ao ensino superior. In: POUZADA,A.; ALMEIDA, L.; VASCONCELOS, R. (ed.). Contextos e dinâmicas da vida académica. p. 137-146. Guimarães: Universidade do Minho, 2002.

RYAN, R. M.; DECI, E. L. Handbook of Self-determination Research. Rochester, NY: University Rochester Press, 2002.

SANFORD, N. The American College. New York, NY: John Wiley & Sons, 1962.

SCOTT, W.; LISAGOR, T.; MARACHI, R. Learning centered universities: The changing face of higher education. Journal of Faculty Development, v. 23, n. 1, p. 14-23, 2009.

SECO, G.; CASIMIRO, M.; PEREIRA, M. I.; DIAS, M. I.; CUSTÓDIO, S. Para uma abordagem psicológica da transição do Ensino Secundário para o Ensino Superior: Pontes e alçapões. Leiria: Instituto Politécnico de Leiria, 2005.

SILVA, S. L. R. Dinâmicas de envolvimento e de desenvolvimento do estudante do ensino superior. Dissertação de doutoramento apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, 2012.

SILVA, S. L. R.; FERREIRA, J. A.; FERREIRA, A. G. (2011a). Questionário da Perceção de Ganhos em Autonomia (QPGA). Coimbra: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (trabalho não publicado).

SILVA, S. L. R.; FERREIRA, J. A.; FERREIRA, A. G. (2011b). Questionário de Ambiente Institucional (QAI). Coimbra: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (trabalho não publicado).

SILVA, S. L. R.; FERREIRA, J. A.; FERREIRA, A. G. (2011c). Questionário de Envolvimento (QE). Coimbra: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (trabalho não publicado).

SILVA, S. L. R.; FERREIRA, J. A.; FERREIRA, A. G. (2011d). Questionário de Interação com os Pares (QIP). Coimbra: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (trabalho não publicado).

SILVA, S. L. R.; FERREIRA, J. A.; FERREIRA, A. G. (2011e). Questionário de Interação com os Professores e Estudantes (QIPE). Coimbra: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (trabalho não publicado).

SILVA, S. L. R.; FERREIRA, J. A.; FERREIRA, A. G. Envolvimento e desenvolvimento do estudante no ensino superior. Atas do XII Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia. Braga: Universidade do Minho, 2013.

TINTO, V. Leaving college: Rethinking causes and cures of student attrition. 2. ed. Chicago, IL: The University of Chicago Press, 1993.

TOMÁS, R. A.; FERREIRA, J. A.; ARAÚJO, A. M.;ALMEIDA, L. S. Adaptação pessoal e emocional em contexto universitário: O contributo da personalidade, suporte social e inteligência emocional. Revista Portuguesa de Pedagogia, v. 48, n. 2, p. 87-107, 2014.

TULLY, A. Stress, sources of stress and ways of coping among psychiatric nursing students. Journal of Psychiatric and Mental Health Nursing, v. 11, p. 43-47, 2004.

VAZ-REBELO, P.; PESSOA, T.; BARREIRA, C. Ser professor universitário: um estudo exploratório em torno de conceções e de práticas. Revista Portuguesa de Pedagogia, v. 44, n. 1, p. 63-82, 2010.

Publicado
2020-11-03