O fazer docente no processo de mudança das teorias pedagógicas

  • Claudia Aparecida Sorgon Scotuzzi Unesp Araraquara
Palavras-chave: Escola. Prática docente. Teorias pedagógicas.

Resumo

Este artigo constitui uma revisão bibliográfica sobre as diferentes teorias pedagógicas e sua relação com o fazer docente. Apresenta o contraponto entre a escola tradicional, fundamentada na força dos modelos e no estudo dos clássicos da história humana, e a escola nova, que defende a ideia de centralidade na atividade do aluno e em métodos e programas baseados na experiência da criança. Adota, para tanto, o seguinte referencial teórico: Saviani (2008a/2008b), Snyders (1974), Gramsci (1991), Luzuriaga (1961), Bloch (1951), Hernandez (1998), Ball (1994) e Gauthier (1998), entre outros. Propõe uma reflexão sobre a escola como principal recurso estratégico de educação das comunidades humanas e sobre os saberes necessários à profissionalização do ensino. Debate, ainda, as pedagogias adotadas pela Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, nas últimas décadas, incluindo o novo currículo oficial, e a influência do Estado e do mercado na prática docente.

Biografia do Autor

Claudia Aparecida Sorgon Scotuzzi, Unesp Araraquara
Doutoranda em Educação Escolar da UNESP - Campus Araraquara
Publicado
2012-04-13
Seção
Artigos