Relembrando a Estória de Kaspar Hauser

  • Dair Aily Franco de Camargo UNESP - Campus de Rio Claro - IB - Departamento de Educação
Palavras-chave: processos cognitivos, pensamento e linguagem, deficiência visual

Resumo

Com base na teoria piagetiana, enfocando as relações pensamento e linguagem, esse artigo tenta traçar um paralelo entre Kaspar Hauser – personagem do filme “Jeder für sich und Gott gegen alle” dirigido pelo cineasta alemão W. Herzog – e L. F., garoto cego de nascença, com 10 anos, que cresceu “abandonado”, entregue a seus próprios recursos e que só começou a freqüentar escola aos 8 anos de idade.

Biografia do Autor

Dair Aily Franco de Camargo, UNESP - Campus de Rio Claro - IB - Departamento de Educação
Professora Adjunta do Departamento de Educação do IB-UNESP-Rio Claro, Livre-Docente pela FFCL-USP-Ribei- rão Preto e Doutora pela FFCL-UNESP-Araraquara
Publicado
2007-10-01
Seção
Relatos de experiência