As pesquisas sobre inclusão de estudantes com deficiência visual no ensino superior

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18675/1981-8106.v33.n.66.s16535

Palavras-chave:

Aluno com Deficiência. Deficiências da Visão. Ensino Superior.

Resumo

Este artigo é parte das pesquisas de um curso de Mestrado em Educação. Objetiva estudar dissertações, teses e artigos científicos brasileiros sobre a Inclusão de Estudantes com Deficiência Visual no Ensino Superior. A base teórica desta pesquisa é o Materialismo Histórico de Karl Marx e Friedrich Engels. As buscas foram feitas na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações, na Biblioteca Scielo, no Portal de Periódicos da CAPES, na Revista Educação Especial da Universidade Santa Maria, na Revista Brasileira de Educação Especial e Grupos de Trabalho (GT’s) da ANPEd relacionados ao Ensino Superior e à Educação Especial. A pesquisa retornou 318 teses e dissertações, além de 263 artigos. Contudo, apenas 28 teses e dissertações e 16 artigos estavam dentro do tema estudado. Conclui-se que existem poucas pesquisas no tema, também se verifica que algumas instituições têm atendido as demandas dos estudantes com Deficiência Visual que estão na Educação Superior, entretanto, outras não prestam esse atendimento, ou não o fazem de modo adequado.

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Portal e-MEC: cursos de graduação. Brasília: MEC, 2021. Disponível em: e-MEC-1v.5.718.0-6596. Acesso em: 25 nov. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. INEP. Resumo Técnico: Censo do Ensino Superior 2009. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2010. Disponível em: https://download.inep.gov.br/download/superior/censo/2009/resumo_tecnico_2009.pdf. Acesso em: 20 nov. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. INEP. Resumo Técnico: Censo do Ensino Superior 2015, 2. ed. Brasília: Instituto Nacional de Estudos de e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2018. Disponível em: https://download.inep.gov.br/educacao_superior/censo_superior/resumo_tecnico/resumo_tecnico_censo_da_educacao_superior_2015.pdf. Acesso em: 21 nov. 2021.

BUENO, J. G. S. OLIVEIRA, A. M. R. Balanço tendencial das dissertações e teses sobre dificuldades de aprendizagem (1987/2009). Filosofia e Educação, v. 5, p. 166-188, 2013. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rfe/article/view/8635399/3192. Acesso em: 15 nov. 2021.

CABRAL, V. N. de. Ensino de inglês para alunos com deficiência: um balanço da produção acadêmica em educação e letras/linguística. 2017. 136 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2017.

CHAUÍ, M. A Ideologia da Competência. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2014. v. 3. (Aplicativo Kindle).

ECHES, E. C. P. Acesso e Permanência de Pessoas com Deficiência Visual no Ensino Superior: análise dos indicadores educacionais brasileiros. 2021. 193 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2021.

ESTEVÃO, M. de M. Edison Ribeiro Lemos: tomba um combatente. Revista Benjamin Constant: Perfil, Rio de Janeiro, n. 30, p. 1-3, abr. 2005. Disponível em: http://revista.ibc.gov.br/index.php/BC/article/view/608. Acesso em: 26 nov. 2021.

EXAME. Bolsonaro diz que jovem brasileiro tem “tara” por formação superior”. Exame. 29 ago. 2018. Disponível em: https://exame.com/brasil/bolsonaro-diz-que-jovem-brasileiro-tem-tara-por-formacao-superior/. Acesso em: 25 out. 2021.

FAVATO, M. N. RUIZ; M. J. F. Reuni: política para a democratização da educação superior? Revista Eletrônica de Educação, São Carlos, v. 12, n. 2, p. 448-463, maio/ago. 2018. Disponível em: http://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/view/2365. Acesso em: 24 nov. 2021.

FERNANDES, W. L. COSTA, C. S. L. da. Possibilidades da Tutoria de Pares para Estudantes com Deficiência Visual no Ensino Técnico e Superior. Revista Brasileira de Educação Especial, Marilia, v. 21, n. 1, p. 39-56, jan./mar. 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbee/a/NdbbF87fYFSTdrRwwLB8hWP/abstract/?lang=pt. Acesso em: 20 dez. 2021.

FERRARO, A. R.; ROSS, S. D. Diagnóstico da Escolarização no Brasil na perspectiva da exclusão escolar. Revista Brasileira de Educação. Rio de Janeiro, v. 22, n. 71, p. 1-26, 2017. Disponível em: http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1413-24782017000400018&lng=en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 10 dez. 2021.

FORTES, V. G. G. de F. A Inclusão da pessoa com deficiência visual na UFRN: a percepção dos acadêmicos. 2005. 243 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2005.

IBGE. Censo Demográfico 2010. Rio de Janeiro: IBGE, 2011. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/populacao/9662-censo-demografico-2010.html?edicao=9673&t=destaques. Acesso em: 22 out. 2021.

MARTINS, D. A.; LEITE, L. P.; LACERDA, C. B. F. de. Políticas públicas para acesso de pessoas com deficiência ao ensino superior brasileiro: uma análise dos indicadores educacionais. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação. Rio de Janeiro, v. 23, n. 89, p. 984-1014, out./dez. 2015. Disponível em: 1809-4465-ensaio-23-89-0984.pdf(scielo.br). Acesso em: 18 nov. 2021.

MARTINS, L. M. da S. M. Práticas e formação docente na UFRN com vistas à inclusão de estudantes cegos. 2016. 136 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.

MARX, K. O Capital: crítica da economia política (Livro 1). Boitempo: São Paulo, 2013.

MARX, K.; ENGELS, F. Cultura, Arte e Literatura: textos escolhidos. Expressão Popular: São Paulo, 2010.

MOREIRA, C. R. B. S. OLIVEIRA, J. F. de. Apresentação do dossiê “O futuro da Educação Superior diante da conjuntura”. Jornal de Políticas Educacionais. v. 14, Apresentação. Janeiro de 2020. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/jpe/article /view/71168/40283. Acesso em: 26 out. 2021.

NETTO, J. P. Introdução ao estudo do Método de Marx. Expressão Popular: São Paulo, 2011.

PANSANATO, L. T. E.; RODRIGUES, L.; SILVA, C. E. Inclusão de estudante cego em curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas de uma instituição pública de ensino superior: um estudo de caso. Revista Educação Especial, Santa Maria, v. 29, n. 55, p. 471-486, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/article/view/17106. Acesso em: 9 dez. 2021.

PEREIRA, M. M. G. Del P. N. Deficiência, raça e gênero: análise de indicadores educacionais brasileiros. 2016. 142 f. Tese (Doutorado em Educação: História, Política e Sociedade) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.

SANTOS, F. M. dos.; MORAES, M. E. L. de.; SALES, E. R. de. O Braille Fácil em Matemática no Ensino Superior: uma experiência com um aluno cego na perspectiva de promoção de autonomia. Revista REAMEC, Cuiabá, v. 5, n. 1, p. 165-176, jan./jun. 2017. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/5448. Acesso em: 28 nov. 2021.

SANTOS, N. G. dos; MELETTI, S. M. F.; CABRAL, V. N. de. As Produções Científicas sobre as Instituições Especiais Privadas (2000-2014). Revista Brasileira de Educação Especial, Brasília, v. 23, n. 3, p. 471-482, jul./set. 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbee/v23n3/1413-6538-rbee-23-03-0471.pdf. Acesso em: 10 dez. 2021.

SELAU, B.; DAMIANI, M. F. Quando não se falava em inclusão: a história de vida do primeiro advogado cego formado no Brasil. Revista Educação Especial, Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria, v. 27, n. 49, p. 417-430, maio/ago. 2014. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/article/view/9633/pdf. Acesso em: 27 out. 2021.

SOUZA, T. F. B. de. Políticas públicas para a pessoa com deficiência na UFC: a percepção dos alunos com deficiência visual. 2014. 96 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014.

WILLIAMS, R. Cultura. Trad. Lólio Lourenço de Oliveira. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

WILLIAMS, R. Cultura e Materialismo. Trad. André Glaser – São Paulo: Editora Unesp, 2011.

WILLIAMS, R. Recursos da Esperança: cultura, democracia, socialismo. trad. Nair Fonseca; João Alexandre Peschanski. São Paulo: Editora Unesp, 2015.

Downloads

Publicado

2023-02-28

Como Citar

ECHES, E. C. P. As pesquisas sobre inclusão de estudantes com deficiência visual no ensino superior. Educação: Teoria e Prática, [S. l.], v. 33, n. 66, p. e13[2023], 2023. DOI: 10.18675/1981-8106.v33.n.66.s16535. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/16535. Acesso em: 13 jun. 2024.