O ENSINO DO DIREITO NO BRASIL. AS VOZES DAS PESQUISAS

Autores

  • Paulo Angelo Lorandi UNISANTOS
  • Leandro Gonçalves Martins UNISANTOS
  • Adriana Mallmann Vilalva UNISANTOS

DOI:

https://doi.org/10.18675/1981-8106.vol27.n55.p408-427

Palavras-chave:

Docência universitária. Ensino do direito. Formação docente.

Resumo

A análise do ensino universitário demonstra a necessidade da melhoria da docência. No curso do Direito há ênfase no tecnicismo devido ao forte caráter liberal dos juízes, promotores e advogados em condição de professor, com ausência de identidade docente. Utilizando-se a metodologia da revisão sistemática em dissertações e teses produzidas em programas de pós-graduação em Educação e Direito no Brasil, sem limitador de tempo, buscou-se trabalhos vinculados ao tema da formação docente. De um total de 79 trabalhos encontrados nos bancos de teses da Capes, concluiu-se a leitura de seis trabalhos de nove inicialmente selecionados. Três categorias foram recorrentes: ausência de formação pedagógica, necessidade de formação continuada e identidade docente. Conclui-se que a formação do docente de Direito se baseia na cultura geral, em conhecimentos adquiridos na faculdade e nas experiências docentes e pessoais. Criar ações podem melhorar o processo de formação do docente universitário. Os dados mostram que os docentes da área acreditam em formação continuada de caráter pedagógico, o que facilitaria a relação professor-aluno em todos os aspectos.

Arquivos adicionais

Publicado

2017-11-19

Como Citar

LORANDI, P. A.; MARTINS, L. G.; VILALVA, A. M. O ENSINO DO DIREITO NO BRASIL. AS VOZES DAS PESQUISAS. Educação: Teoria e Prática, [S. l.], v. 27, n. 55, p. 408–427, 2017. DOI: 10.18675/1981-8106.vol27.n55.p408-427. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/10192. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos