A arquitetônica em “um dia, um rio”

Palavras-chave: Um Dia, um Rio. Arquitetônica. Construção de Sentidos.

Resumo

A arquitetônica, entendida neste artigo como a forma como o discurso se constrói e se estrutura, de modo que material, forma e conteúdo se integrem (GEGE, 2009), é fundamental na análise do livro escrito por Leo Cunha e ilustrado por André Neves Um dia, um rio. Por isso acredita-se que seja relevante para os leitores dessa obra ilustrada conhecer a sua arquitetônica para que possam a ela atribuir sentidos durante o ato cultural de ler. A concepção adotada de arquitetônica é aquela que compreende a obra como objeto cultural artístico (GEGE, 2009), e por esse motivo propõe-se a leitura do texto artístico como um todo integrado em que os seus elementos constitutivos são essenciais para a produção de sentidos. A análise elaborada permite afirmar que Um dia, um rio, constituído por linguagem híbrida e inovadora, pode ser classificado como obra vanguardista, já que rompe com os modelos tradicionais e revela as contradições e conflitos da sociedade atual. Este artigo está ancorado nos pressupostos teóricos de Bakhtin (2002, 2011) e seus estudiosos, Cadermatori (2010), Zilberman (2003), Lindem (2018), Arena (2010), entre outros.

Referências

ARENA, D. B. A Literatura Infantil como Produção Cultural e como Instrumento de Iniciação da Criança no Mundo da Cultura Escrita. In: MENIN, A. M. da C. S. et al. (org.). Ler e Compreender: Estratégias de Leitura. São Paulo: Fapesp, 2010.

BAKHTIN, M. O autor e a personagem na atividade estética. In.: BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. Tradução: Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2011, p. 3-90.

BAKHTIN, M. Questões de Literatura e de Estética: A Teoria do Romance. 5. ed. São Paulo: Editora Hucitec Annablume, 2002.

BEZERRA, P. Introdução. In: BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. Tradução: Paulo Bezerra. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011. p. IX-XII

CADEMARTORI, L. O que é Literatura Infantil. 2. ed. São Paulo: Brasiliense, 2010.

CUNHA, A. Um Dia, um Rio. Ilustração André Neves. São Paulo: Editora Pulo do Gato, 2016.

GEGE – Grupo de Estudos dos Gêneros do Discurso. Palavras e contrapalavras –Glossariando conceitos, categorias e noções de Bakhtin. São Carlos: Pedro & João Editores, 2009.

GREGORIO FILHO, J. N. Literatura Infantil e juvenil, cultura e ensino. In: DEBUS, E.; JULIANO, D. B.; BORTOLOTTO, N. Literatura Infantil e Juvenil: do literário a outras manifestações estéticas. Tubarão: Copiart, 2016. p. 59-72.

HUNT, P. Crítica, Teoria e Literatura Infantil. Tradução: Cid Knipel. São Paulo: Cosac Naify, 2010.

LINDEN, S. V. der. Para ler o livro ilustrado. Tradução: Dorothé de Bruchard. São Paulo: Sesi, 2018.

MEDVIEDEV, D.; BAKHTIN, M. O método formal nos estudos literários: introdução crítica a uma poética sociológica. Tradução: Sheila Grillo. Ekaterina Volkova Americo. São Paulo: Contexto, 2012.

PONZIO, A. No Círculo com Mikhail Bakhtin. Tradução: Valdemir Miotello et al. 2. ed. São Carlos: Pedro & João editores, 2016.

PRIETO, M. N.; LIMA, E. A. O uso das estratégias de leitura e suas contribuições para a formação de crianças leitoras: uma experiência com o livro “A casa sonolenta”. In: SOUZA, R.; GIROTTO, C. G. G. S. Práticas Pedagógicas com textos literários: estratégias de leitura na infância. Tubarão, SP: Copiart, 2017.

ROJO, R.; MELO, R. de. Letramentos contemporâneos e a arquitetônica Bakhtiniana. DELTA: Documentação de Estudos em Lingüística Teórica e Aplicada. São Paulo, v. 33, n. 4, p. 1271-1289, São Paulo, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-445057781725543649. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/delta/v33n4/1678-460X-delta-33-04-1271.pdf. Acesso em: 9 jun. 2019.

SALES, W. S. Diálogos com a concepção Bakhtiniana de estilo: da forma composicional à forma arquitetônica. 2012. Disponível em: http://www.gelne.com.br/arquivos/anais/gelne 2012/Arquivos/%C3%A1reas%20tem%C3%A1ticas/Leitura%20e%20escrita/12%20-%20Willame%20e%20Maria%20da%20Penha%20%20DI%C3%81LOGOS%20COM%20A%20CONCEP%C3%87%C3%83O.pdf. Acesso em: 31 mar. 2019.

ZILBERMAN, R. A Literatura Infantil na Escola. 11. ed. São Paulo: Global, 2003.

Publicado
2021-03-15
Como Citar
DOS SANTOS OLIVEIRA, A.; GUIZELIM SIMÕES GIROTTO, C. G.; RUSSO, D. A. A arquitetônica em “um dia, um rio”. Educação: Teoria e Prática, v. 31, n. 64, p. e06[2021], 15 mar. 2021.