Crítica e Autocrítica: avaliação participativa em escolas do campo.

Autores

  • Ilma Ferreira Machado UNEMAT

Palavras-chave:

avaliação participativa e emancipatória - crítica e autocrítica - educação do campo - movimento dos trabalhadores rurais sem terra.

Resumo

RESUMO: Esse trabalho aborda algumas possibilidades de realização da avaliação participativa, que é entendida como uma importante dimensão do trabalho pedagógico efetivado em escolas do campo organizadas segundo os princípios político-pedagógicos do movimento dos trabalhadores rurais sem terra. Dentre os autores que fundamentam esse estudo estão Freitas (1995), Perrenoud (1986) e Pistrak (2002). A pesquisa de natureza participante, cujo instrumento principal foi a observação, teve com objetivo central analisar em que medida a crítica e autocrítica, como proposta de avaliação participativa, se traduz no cotidiano de escolas do campo. Os resultados da pesquisa mostram a valorização dessa sistemática de avaliação no contexto dessas escolas. Foi possível perceber que uma educação transformadora e emancipatória não pode prescindir da avaliação crítica e participativa, que compreende estudantes e educadores como sujeitos do processo ensino e aprendizagem. Embora seja uma prática complexa e, por vezes, conflitante, a avaliação participativa é instrumento fundamental para a sistematização e reflexão coletiva das ações e atividades pedagógicas desencadeadas na escola, assim como para o fortalecimento do projeto educativo dos movimentos sociais do campo.

Biografia do Autor

Ilma Ferreira Machado, UNEMAT

Professora do Departamento de Pedagogia, leciona as disciplinas Didática e Estágio Supervisionado; professora do mestrado em educação; pesquisa sobre organização do trabalho pedagógico em escolas do campo

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2010-09-23

Como Citar

FERREIRA MACHADO, I. Crítica e Autocrítica: avaliação participativa em escolas do campo. Educação: Teoria e Prática, [S. l.], v. 20, n. 35, p. 57, 2010. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/3470. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos