Registros Alternativos de Saberes Culturais

Autores

  • Carmen Maria Aguiar UNESP - Campus de Rio Claro - IB - Departamento de Educação Física
  • Maria Rosa Rodrigues Martins de Camargo UNESP - Campus de Rio Claro - IB - Departamento de Educação

Palavras-chave:

educação, cultura, saberes, escrita, cotidiano.

Resumo

O presente trabalho trata da caracterização de algumas experiências de escrita realizadas em situações específicas e particulares, envolvendo, no que pode ser considerada “aventura” de escrever, pessoas não habituadas à escrita, e que se vêem tentadas a, ou com grande necessidade de, executar tarefas que exigem a utilização do código escrito. Nessas ocasiões, muitas vezes exprimem suas idéias e interpretações do mundo vivido, mesclando letras, palavras e representações sociais, elaboradas a partir de códigos alternativos de registro de informações – práticas comuns em universos sociais em que a leitura e a escrita são práticas incomuns, ou seja, em localidades em que há predominância do analfabetismo, envolvendo um grande contingente de excluídos da escola. Esta exclusão empurra tais pessoas para situações em que só podem contar com mecanismos alternativos, criados tanto para registro de informações sobre a sua história quanto para representação de situações cotidianas.

Downloads

Publicado

2008-04-28

Como Citar

AGUIAR, C. M.; CAMARGO, M. R. R. M. de. Registros Alternativos de Saberes Culturais. Educação: Teoria e Prática, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 43, 2008. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/1143. Acesso em: 3 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>