As polêmicas faces do Ensino Médio

  • Camila Ferreira Lopes Paiva Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho UNESP
  • Joyce Mary Adam de Paula e Silva Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho UNESP
Palavras-chave: Ensino Médio, Educação Profissional, Evasão escolar

Resumo

Este artigo discute os problemas enfrentados pelo Ensino Médio, como a dicotomia entre trabalho e formação propedêutica, juntamente com a evasão escolar, que é ainda alarmante. Para contribuir com a discussão, foram utilizadas as concepções de Gramsci (1985) sobre a escola unitária, que oferece a formação propedêutica a todos os cidadãos para a função de dirigente. A superação da dicotomia e da evasão escolar, especificamente no Ensino Médio, ao contrário do que muitos pensam, implica na substituição dessa sociedade meritocrática e individualista, na qual o sujeito é totalmente responsabilizado pelo seu sucesso e pelo seu fracasso; por uma sociedade, na qual todos os bens materiais e culturais estejam disponíveis a todos os cidadãos. Logo, a solução não está em medidas remediáveis, como o governo tem proposto, pois os problemas têm raízes mais profundas do que imaginamos. Diante disso, constatamos que a escola sozinha não fará a mudança revolucionária na sociedade, no entanto, a revolução não se fará sem a escola. Não há como superar essa sociedade alienada com ações persistentemente alienadas.

Biografia do Autor

Camila Ferreira Lopes Paiva, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho UNESP
Mestranda em Educação
Publicado
2013-07-29
Seção
Artigos