Relação família-escola no Brasil: um estado do conhecimento (1997-2011)

Palavras-chave: Relação Família-escola. Estado do Conhecimento. Sociologia da Educação.

Resumo

Este artigo apresenta resultados de um estado do conhecimento que focalizou dissertações e teses sobre a relação família-escola cadastradas no banco da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) defendidas entre os anos 1997 e 2011. Foram identificados 266 trabalhos, dos quais se analisaram: o tipo (dissertação ou tese), o número de trabalhos no período e a distribuição por áreas de conhecimento. Os trabalhos da área de Sociologia da Educação (n = 88) mereceram um tratamento específico, identificando-se: tema, referenciais teóricos, procedimentos metodológicos, campo empírico e resultados. Traçou-se, assim, um panorama da produção sociológica brasileira sobre a relação família-escola no período, identificando-se suas principais tendências e lacunas, resultados convergentes e divergentes. Verificou-se uma produção crescente, com predomínio das abordagens qualitativas, do foco no ensino fundamental, na escola pública e nas famílias de meios populares, além de forte influência da literatura francesa. Parece necessário maior distanciamento crítico dos estudos em relação aos seus referenciais teóricos.

Referências

ALMEIDA, S. Relação família-escola como objeto de estudo nos trabalhos acadêmicos brasileiros: 1987/2008. In: XV ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICAS DE ENSINO, 2010, Belo Horizonte. Anais [...]. Belo Horizonte: ENDIPE, 2010.

BERNSTEIN, B. A estruturação do discurso pedagógico: classe, códigos e controle. Petrópolis: Vozes, 1996.

BOURDIEU, P. Escritos de educação. 5. ed. Petrópolis: Vozes, 2003.

BOURDIEU, P. Meditações pascalianas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001.

DIAS, A. T. T. Pesquisando a relação família-escola: o que revelam as teses e dissertações dos programas de pós-graduação brasileiros. 2009. 219 f. Tese (Doutorado em Educação Escolar) – Faculdade de Ciências e Letras, Universidade Estadual Paulista, Araraquara, 2009.

FERREIRA, N. S. A. As pesquisas denominadas “estado da arte”. Educação e Sociedade, Campinas, v. 23, n. 79, p. 257-272, 2002.

FORQUIN, J. C. (org). Sociologia da Educação – dez anos de pesquisa. Petrópolis: Vozes, 1995.

LAHIRE, B. Sucesso escolar nos meios populares: as razões do improvável. São Paulo: Ática, 1997.

MARTINS, A. M.; SILVA, V. G. Estado da Arte: gestão, autonomia da escola e órgãos colegiados (2000/2008). Cadernos de Pesquisa, São Paulo: v. 41, p. 228-245, 2011.

NOGUEIRA, M. A., ROMANELLI, G., ZAGO, N. (org.). Família & Escola – trajetórias de escolarização em camadas médias e populares. Petrópolis: Vozes, 2000.

OLIVEIRA, L. M. A relação família-escola nos periódicos científicos brasileiros (2000-2013). Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, 2015.

ROMANELLI, G., NOGUEIRA, M. A., ZAGO, N. (org.). Família & Escola – Novas perspectivas de análise. Petrópolis: Vozes, 2013.

ROMANOWSKI, J. P.; ENS, R. T. As pesquisas denominadas do tipo 'Estado-da-arte' em educação. Diálogo educacional, Paraná, v. 6, n. 19, p. 37-50, 2006.

SANTOS, T. C.; ROCHA, M. S. P. M. L. O “estado da arte” nas pesquisas sobre as relações família-escola: anais da Anped e Endipe. In: XV ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA PUC-CAMPINAS, 2010, Campinas. Anais [...]. Campinas, 2010.

SARAIVA-JUNGES, L.A.; WAGNER, A. Os estudos sobre a relação família-escola no Brasil: uma revisão sistemática. Educação, Porto Alegre, v. 39, n. esp. (supl.), s114-s124, dez. 2016.

SIROTA, R. Le metier d’élève. In: FORQUIN, J. C. (ed.). Sociologie de l’éducation: nouvelles approaches, nouveaux objets. Paris: INRP, 2000.

TERRAIL, J. P. La sociologie des interactions famille-école. Sociétés Contemporaines, n. 25, p. 67-83, 1997.

THIN, D. Para uma análise das relações entre famílias populares e escola: confrontação entre lógicas socializadoras. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 11, n. 32, p. 211-225, 2006.

Publicado
2022-04-04
Como Citar
NOGUEIRA, M. A.; DE FREITAS RESENDE, T. Relação família-escola no Brasil: um estado do conhecimento (1997-2011). Educação: Teoria e Prática, v. 32, n. 65, p. e02[2022], 4 abr. 2022.