Gerencialismo e avaliação em larga escala: análise da política de resultados na educação básica

Autores

  • Maria de Fátima Cóssio FAE/UFPEL
  • Antônio Cardoso Oliveira Instituto Federal Sul-Riograndense (IFSUL)/Universidade Federal de Pelotas (UFPEL)
  • Aisllan Augusto Souza FAE/UFPEL

DOI:

https://doi.org/10.18675/1981-8106.vol24.n47.p137-155

Palavras-chave:

políticas educacionais, avaliação em larga escala, nova gestão pública

Resumo

Este trabalho visa analisar as repercussões da política de avaliação em larga escala na escola e no trabalho docente, bem como as suas relações com a redefinição do papel do Estado e da gestão pública. Analisa-se que o modelo de gestão pública assumida pelos governos em geral e pelo governo federal em especial identifica-se com o gerencialismo que, por sua vez, adota princípios empresarias para imprimir maior eficácia e eficiência na máquina pública, utilizando-se da lógica de resultados que incentivam a competitividade e a concorrência nos diferentes setores estatais. Maroy (2011) situa o gerencialismo na perspectiva da “governança pós-burocrática”, onde se localiza o modelo de “Estado avaliador” ou a “governança por resultados”. Na educação brasileira identificam-se as concepções gerencialistas na intensificação dos instrumentos de avaliação externa; na centralidade na gestão estratégica das redes e escolas, priorizando a melhoria dos resultados, especialmente do IDEB. O estreitamento curricular é um dos exemplos mais evidentes dos efeitos desse modelo, ou seja, a redução do trabalho docente ao preparo dos estudantes para as provas torna as avaliações nacionais o cerne do trabalho dos professores, fragilizando a autonomia e a autoria pedagógica.

Biografia do Autor

Maria de Fátima Cóssio, FAE/UFPEL

Atua no campo de pesquisa das políticas educacionais

Antônio Cardoso Oliveira, Instituto Federal Sul-Riograndense (IFSUL)/Universidade Federal de Pelotas (UFPEL)

Atua no campo de pesquisa das políticas educacionais

Aisllan Augusto Souza, FAE/UFPEL

Atua no campo de pesquisa das políticas educacionais

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2014-12-18

Como Citar

CÓSSIO, M. de F.; OLIVEIRA, A. C.; SOUZA, A. A. Gerencialismo e avaliação em larga escala: análise da política de resultados na educação básica. Educação: Teoria e Prática, [S. l.], v. 24, n. 47, p. 137–155, 2014. DOI: 10.18675/1981-8106.vol24.n47.p137-155. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/7920. Acesso em: 14 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos