O DESENHO ANIMADO COMO METODOLOGIA ATIVA E LÚDICA NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM EM ENFERMAGEM

Autores

  • Elane da Silva Barbosa Universidade Estadual do Ceará
  • Márcia Jaínne Campelo Chaves Universidade Estadual do Ceará
  • Maria Nahir Batista Ferreira Torres Universidade Estadual do Ceará
  • Sílvia Maria Nóbrega-Therrien Universidade Estadual do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.18675/1981-8106.vol28.n59.p529-547

Palavras-chave:

Desenho animado, Estratégia, Enfermagem, Ensino, Lúdico.

Resumo

O presente artigo objetiva relatar a experiência da utilização do lúdico, neste caso, o desenho animado como estratégia metodológica no curso de Bacharelado em Enfermagem em instituição de ensino superior particular, no interior do Ceará. Trata-se de relato de experiência, que narra a utilização do desenho animado na disciplina de Bases da Sistematização da Assistência de Enfermagem. Inicialmente, foram empreendidas buscas, em sites, sobre desenhos animados que apresentassem questões relacionadas à saúde, sendo selecionado o do personagem Gaguinho. O episódio foi exibido em sala de aula e, em seguida, os alunos foram estimulados a elaborarem, a partir da situação apresentada no desenho, os diagnósticos de Enfermagem, assunto proposto na disciplina. De início, os discentes demonstraram resistência em relação à essa proposta, no entanto embarcaram no desafio, conseguindo estabelecer os diagnósticos, inclusive evidenciando descontração e interatividade com a professora e os colegas ao longo do exercício. Conclui-se, assim, que o desenho animado pode constituir-se como estratégia metodológica lúdica e ativa a ser utilizada no ensino superior, para tanto é necessário que mais estudos sejam realizados. Palavras-chave: Desenho animado. Estratégia. Enfermagem. Ensino. Lúdico.

Biografia do Autor

Elane da Silva Barbosa, Universidade Estadual do Ceará

Aluna do Doutorado em Educação da Universidade Estadual do Ceará - UECE. Mestra em Educação pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN. Bacharelada e licenciada em Enfermagem pela UERN.

Márcia Jaínne Campelo Chaves, Universidade Estadual do Ceará

Bacharelada em Enfermagem pela Faculdade do Vale do Jaguaribe - FVJ. Aluna dos cursos de Especialização em Saúde da Família pela Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira - UNILAB e em Educação a Distância: Fundamentos e Ferramentas pela Universidade Estadual do Ceará - UECE.

Maria Nahir Batista Ferreira Torres, Universidade Estadual do Ceará

Doutoranda em Educação pela UECE. Professora da Rede Pública do Estado Ceará (SEDUC)

Sílvia Maria Nóbrega-Therrien, Universidade Estadual do Ceará

Enfermeira, com mestrado em Educação pela Universidade Federal do Ceará, Doutorado em Sociologia da Educação, pela Universidade de Salamanca, Espanha e Pós-Doutorado em Educação pela Universidade de Valencia, Espanha. Atualmente é professor Assistente N da Universidade Estadual do Ceará. Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Curso de graduação em Medicina.

Arquivos adicionais

Publicado

2018-12-14

Como Citar

BARBOSA, E. da S.; CHAVES, M. J. C.; TORRES, M. N. B. F.; NÓBREGA-THERRIEN, S. M. O DESENHO ANIMADO COMO METODOLOGIA ATIVA E LÚDICA NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM EM ENFERMAGEM. Educação: Teoria e Prática, [S. l.], v. 28, n. 59, p. 529–547, 2018. DOI: 10.18675/1981-8106.vol28.n59.p529-547. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/12191. Acesso em: 26 fev. 2024.