O estágio curricular supervisionado em Educação Física na perspectiva dos planos de ensino e relatórios finais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18675/1981-8106.v33.n.66.s16607

Palavras-chave:

Análise documental. Formação de Professores. Ensino Médio.

Resumo

Este trabalho teve como objetivos analisar os planos de ensino (PEs) e os relatórios finais (RFs) produzidos no âmbito do estágio curricular supervisionado (ECS) em Educação Física no ensino médio e explorar o que se suscita pensar sobre esse estágio e a formação de professores de Educação Física. Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo documental que explorou os PEs e os RFs e se valeu da técnica de análise de conteúdo para a avaliação dos dados. Os resultados e discussões possibilitaram compreender aspectos gerais do ECS e do planejamento dos estagiários, destacando-se as escolhas, as possíveis interpretações e a reflexão possibilitada pelo ECS, um recurso válido para mapear os saberes em relação à prática pedagógica e pensar encaminhamentos no âmbito da formação. Como considerações finais retrata-se que estudos sobre documentos são importantes e significativos e se sugere a conexão com futuros estudos que busquem analisar as diferentes instâncias presentes no contexto dos ECSs a fim de melhor compreender as relações entre a produção de documentos e suas implicações no exercício docente.

Biografia do Autor

Roque Luiz Bikel, Universidade do Estado de Santa Catarina

Academic of the Licentiate Degree in Physical Education at the State University of Santa Catarina. Member of the Research Laboratory in Pedagogical Practices in Physical Education. Volunteer in teaching, research and extension activities and currently an Extension Fellow. Has researches in the area of ​​initial Formation and Physical Education, focusing on Supervised school placement.

Referências

ALBANO, A, Y; CARDOSO, A, S; BALBÉ, G, P. O processo de avaliação nas aulas de educação física da rede pública municipal de Florianópolis – SC. Do corpo: ciências e arte, Caxias do Sul, v. 5, n. 1, p. 1-11, 2015. Disponível em: https://silo.tips/download/o-processo-de-avaliaao-nas-aulas-de-educaao-fisica-da-rede-publica-municipal-de. Acesso em: 18 maio 2023.

ARAUJO, G. F; GRUNENNVALDT, J. T. A educação física e as finalidades educacionais do ensino médio: um estudo de caso. Motrivivência, Florianópolis, v. 29, n. 51, p. 251-269, 2017. DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2017v29n51p251. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2017v29n51p251. Acesso em: 18 maio. 2023.

BARROS, I; PACHECO, A. R; BATISTA, P. A experiência de estágio: o impacto e as primeiras vivências do estudante estagiário de educação física. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 99, n. 253, p. 605-632, 2018. DOI: https://doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.99i253.3774. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbeped/a/5xRSFdB5vSPpm9v8yXF4MgP/abstract/?lang=pt. Acesso em: 18 maio. 2023.

BARROSO, A. L. R; DARIDO, S. C. A pedagogia do esporte e as dimensões do conteúdo. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 20, n. 2, p. 281-289, 2009. DOI: 10.4025/reveducfis.v20i2.3884. Disponível em: https://periodicos.uem.br/ojs/index.php/reveducfis/article/view/3884/4440. Acesso em: 18 maio. 2023.

BENITES, L. C; FOLLE, A.; FARIAS, G. O; DUEK, V. P. Estágio curricular supervisionado na formação de professores de educação física na UDESC. In: VEDOVATTO, D.; ANANIAS, E. V.; COSTA FILHO, R. A. (org.). O estágio curricular supervisionado da educação física no Brasil: formação, influências, inovação pedagógica e perspectivas. Curitiba: CRV, 2020. p. 21-32.

BRACHT, V. et al. Pesquisa em ação: Educação física na escola. 3. ed. Ijuí, RS: Editora Ijuí, v. 10, 2003.

BRACHT, V.; ALMEIDA, F. Q. Pedagogia crítica da educação física: dilemas e desafios na atualidade. Movimento, Porto Alegre, v. 25, p. e25068, 2019. DOI: 10.22456/1982-8918.96196. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/96196. Acesso em: 21 maio. 2023.

BRACHT, V; GONZÁLEZ, F, J. Educação Física Escolar. In: GONZÁLEZ, F. J.; FENSTERSEIFER, P. E. (org.). Dicionário crítico de Educação Física. Ijuí: Unijuí/RS, 2005, p. 150-156.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/abase/. Acesso em: 21 maio 2023.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei nº 9.394 que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional de 20 de dezembro de 1996. Brasília: 1996. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm. Acesso em: 21 maio 2023.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Orientações curriculares para o Ensino Médio: linguagens, códigos e suas tecnologias. Brasília, 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/book_volume_01_internet.pdf. Acesso em: 2 mar. 2022.

CARDOSO, I.; BATISTA, P.; GRAÇA, A. Narrativas acerca da formação de professores de Educação Física em contexto de prática supervisionada. Sociologia, Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, v. 32, p. 125-145, 2016. Disponível em: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=426549569007. Acesso em: 18 maio 2023.

DAMAZIO, M. S.; SILVA, M. F. P. O ensino da Educação Física e o espaço físico em questão. Pensar a Prática, v. 11, n. 2, p. 189-196, 2008. DOI: 10.5216/rpp.v11i2.3590. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/3590. Acesso em: 21 maio 2023.

DARIDO, S. C. A educação física na escola e o processo de formação dos não praticantes de atividade física. Revista Brasileira de Educação Física e Esportes, São Paulo, v. 18, n. 1, p. 61-80, 2004. DOI: https://doi.org/10.1590/S1807-55092004000100006. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rbefe/article/view/16551. Acesso em: 18 maio 2023.

DARIDO, S. C. et al. Educação Física No Ensino Médio: Reflexões e Ações. Revista Motriz, Rio Claro, v. 5. n. 2, p. 138-145, 1999. DOI: https://doi.org/10.5016/8728. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/8728. Acesso em: 18 maio 2023.

DARIDO, S. C. Os conteúdos da Educação Física na escola. In: DARIDO, S. C.; RANGEL, I. A. C. Educação Física na escola: implicações para a prática pedagógica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2005. p. 64-69.

FAGGION, C. A. A prática docente dos professores de Educação Física no ensino médio das escolas públicas de Caxias do Sul. Do Corpo: ciências e artes. Caxias do Sul, v. 1, n. 2, p. 1-24, 2011.

FARIAS, I. M. S. et al. Didática e docência: aprendendo a profissão. 3. ed. Brasília: Liber Livro, 2011.

FRANCO, M. L. P. B. Análise do conteúdo. 2. ed. Brasília: Liber Livro, 2007.

FUSARI, J. C. O planejamento do trabalho pedagógico: Algumas indagações e tentativas de respostas. Série Ideias, v. 8, p. 44-53, 1990. Disponível em: http://www.crmariocovas.sp.gov.br/pdf/ideias_08_p044-053_c.pdf. Acesso em: 18 maio 2023.

GARCIA, C. M. Planejamento de ensino: fase de preparação. Educar em Revista, v. 3, p. 9-34, 1984. DOI: https://doi.org/10.1590/0104-4060.037. Disponível em: https://www.scielo.br/j/er/a/Myhzvzc5sjp8Nkr9F5Bjtdt/?lang=pt. Acesso em: 18 maio 2023.

GASPARI, T. et al. A realidade dos professores de Educação Física na escola: suas dificuldades e sugestões. Revista Mineira de Educação Física, Viçosa, v. 14, n. 1, p. 109-137, 2006. DOI: 10.22633/rpge.v22.n2.maio/ago.2018.10543. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/10543. Acesso em: 18 maio 2023.

GRAÇA, A. Sobre as questões do quê ensinar e aprender em educação Física. In: Professor de Educação Física: Fundar e dignificar a profissão, editado por Isabel Mesquita; Jorge Olímpio Bento, 103-129. Porto, Portugal: FADEUP, 2014.

GUEDES. D. P. Crescimento e desenvolvimento aplicado à Educação Física e ao esporte. Revista brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 25, p. 127-40, 2011. DOI: https://doi.org/10.1590/S1807-55092011000500013. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbefe/a/6Z8tVthS7tRKsYFWwGrctjQ/abstract/?lang=pt. Acesso em: 18 maio 2023

INÁCIO, G. et al. Planejamento na ótica dos professores estagiários de educação física: dificuldades e limitações. Revista Portuguesa de Pedagogia, v. 48, n. 1, p. 55-67, 2014. DOI: 10.14195/1647-8614_48-1_4. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/275520653_Planeamento_na_otica_dos_professores_estagiarios_de_educacao_fisica_dificuldades_e_limitacoes. Acesso em: 18 maio 2023.

LIBÂNEO, J. C. Didática. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2013.

LIBÂNEO, J. C. Organização e gestão escolar: teoria e prática. 4. ed. Goiânia: Alternativa, 1992.

LIMA, M. S. L; PIMENTA, S. G. Estágio e docência: diferentes concepções. Poíesis Pedagógica, v. 3, n. 3-4, p. 5-24, 2006. Disponível em: https://www.professorrenato.com/attachments/article/159/Est%C3%A1gio%20e%20doc%C3%AAncia-diferentes%20concep%C3%A7%C3%B5es.pdf. Acesso em: 18 maio 2023.

LIMA, M. S. L. Reflexões sobre o estágio/prática de ensino na formação de professores. Revista Diálogo Educacional, v. 8, n. 23, p. 195-205, 2008. Disponível em: Disponível em <http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-416X2008000100012&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 18 maio 2023.

MENDES, Rui et al. Observação como instrumento no processo de avaliação em Educação Física. Exedra: Revista Científica, Coimbra, v. 6, p. 57-70, 2012. Disponível em: http://exedra.esec.pt/docs/N6/04-Edu.pdf. Acesso em: 18 maio 2023.

MOLETTA, A. F.; TEIXEIRA, F. A.; FOLLE, A.; DO NASCIMENTO, J. V.; FARIAS, G. O.; MARINHO, A. Momentos marcantes do estágio curricular supervisionado na formação de professores de educação física. Pensar a Prática, v. 16, n. 3, p. 715-730, 2013. DOI: 10.5216/rpp.v16i3.18705. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/18705. Acesso em: 18 maio 2023.

PIMENTA, S. G. Professor Reflexivo: construindo uma crítica. In: PIMENTA, S. G.; GHEDIN, E. (org.). Professor Reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2005, p. 17-52.

RODRIGUES, G. M. A avaliação na educação física escolar: caminhos e contextos. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, v. 2, n. 2, p. 11-21, 2003. Disponível em: https://www.mackenzie.br/fileadmin/OLD/47/Graduacao/CCBS/Cursos/Educacao_Fisica/REMEFE-2-2-2003/art1_edfis2n2.pdf. Acesso em: 18 maio 2023.

ROSA, C. L. A; IVO, A. A; MARIN, E. C. Espaços físicos e materiais didáticos: repercussões na Educação Física escolar. Biomotriz: Revista Científica, v. 10, p. 51-65, 2016. Disponível em: https://web.archive.org/web/20180430195943id_/http://revistaeletronica.unicruz.edu.br/index.php/BIOMOTRIZ/article/viewFile/4092/pdf_45. Acesso em: 18 maio 2023.

RUFINO, L. G. B.; BENITES, L. C.; SOUZA NETO, S. Physical Education professional practice and teacher education in Brazil: historical analysis of public policies and recommendations for advancing professional practice and teacher education. Research, Society and Development, v. 9, n. 10, 2020. DOI: 10.33448/rsd-v9i10.8630. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/8630. Acesso em: 18 maio 2023.

SACRISTÁN, J. G. O currículo. Porto Alegre: Artmed, 2007.

SANTOS, M. A. G. N.; NISTA-PICCOLO, V. L. O esporte e o ensino médio: a visão dos professores de educação física da rede pública. Rev. bras. Educ. Fís. Esporte, São Paulo, v. 25, n. 1, p. 65-78, 2011. DOI: https://doi.org/10.1590/S1807-55092011000100008. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbefe/a/VcFNgDb4tycgh97FjxnxTpQ/abstract/?lang=pt. Acesso em: 18 maio 2023.

SARTI, F. M. O curso de pedagogia e a universitarização do magistério no Brasil: das disputas pela formação docente à sua desprofissionalização. Educação em Pesquisa, São Paulo, v. 45, p. 1-18, 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/S1678-4634201945190003. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ep/a/Fq6wr95GbRhTBBJW6wnDFmk/. Acesso em: 18 maio 2023.

SÁ-SILVA, J. R.; ALMEIDA, C. D. de; GUINDANI, J. F. Pesquisa documental: pistas teóricas e metodológicas. Revista Brasileira de História & Ciências Sociais, São Leopoldo, ano. I, n. I, jul. 2009. Disponível em: http://www.rbhcs.com/index_arquivos/Artigo.Pesquisa%20documental.pdf. Acesso em: 20 ago. 2018.

SILVA, W. R.; MELO, L. C. Relatórios de estágio supervisionado como gênero discursivo mediador da formação do professor de língua materna. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, v. 47, n. 1, p. 131-149, 2008. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-18132008000100008. Disponível em: https://www.scielo.br/j/tla/a/3zQt5FdvMjSwt3NHFYVVf4Q/abstract/?lang=pt. Acesso em: 18 maio 2023.

TARDIF, M.; LESSARD, C. O trabalho docente. Elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. Petrópolis: Vozes, 2005.

TEIXEIRA, B. A.; COLOMBO, B. D. A temática da saúde na Educação Física do Ensino Médio: um estudo com os professores das escolas públicas estaduais de Sombrio/SC. Revista Kinesis, Santa Maria, v. 38, p. 1-13, 2020. DOI: 10.5902/2316546438209. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/kinesis/article/view/38209. Acesso em: 18 maio 2023.

VENÂNCIO, L.; DARIDO, S. C. A educação física escolar e o projeto político pedagógico: um processo de construção coletiva a partir da pesquisa-ação. Revista Brasileira de Educação Física Esporte, São Paulo, v. 26, n. 1, 2012. DOI: https://doi.org/10.1590/S1807-55092012000100010. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbefe/a/ZCVzsfgGdBRMrZ6zPY9bX3v/abstract/?lang=pt. Acesso em: 18 maio 2023.

Downloads

Publicado

2023-05-30

Como Citar

BIKEL, R. L.; DUEK, V. P.; BENITES, L. C. O estágio curricular supervisionado em Educação Física na perspectiva dos planos de ensino e relatórios finais. Educação: Teoria e Prática, [S. l.], v. 33, n. 66, p. e28[2023], 2023. DOI: 10.18675/1981-8106.v33.n.66.s16607. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/16607. Acesso em: 1 dez. 2023.